Hartley segue piloto Porsche apesar do acordo com Toro Rosso

Acordo entre Tordo Rosso e Brendon Hartley não afetará seu status de piloto contratado da Porsche

Brendon Hartley tem sido um piloto Porsche LMP1 no Campeonato Mundial de Endurance (WEC) desde 2014, ganhando o título dos pilotos em duas ocasiões e marcando uma vitória no geral das 24 Horas de Le Mans para o fabricante alemão.

Mas, depois de anunciado o fim do programa de protótipo no final de 2017, Hartley buscou um emprego alternativo - e, depois de ter disputado três corridas na F1 com a Toro Rosso, foi confirmado na quinta-feira como piloto em tempo integral para a equipe na temporada 2018.

Perguntado durante o fim de semana do WEC no Bahrein se o acordo com a Toro Rosso de 2018 afetou o status de Hartley nas fileiras do fabricante, o diretor da equipe, Andreas Seidl, disse à Motorsport.com/Autosport: "Na verdade não. Obviamente, vamos colocar algumas limitações em termos do que ele pode fazer para nós, porque ele terá um calendário bastante ocupado”.

"Mas com a história que construímos, definitivamente queremos continuar. O programa dentro da Porsche motorsport é enorme, e haverá muitas oportunidades também para Brendon dentro da família Porsche também nos próximos anos".

Enquanto seu programa LMP1 foi abandonado em favor de uma entrada na Fórmula E prevista para 2019-20, a Porsche manterá presença no WEC através do seu programa GT. Também continuará na série GT do IMSA, nos Estados Unidos.

Perguntado se as oportunidades para Hartley continuar trabalhando com a Porsche ficariam nas corridas GT, Seidl disse: "Sim, ou usá-lo em tributo com o 919 Hybrid e assim por diante".

Ele explicou que Hartley teria o mesmo status que os outros pilotos da Porsche LMP1, Andre Lotterer e Neel Jani, que permanecerão "sob contrato como pilotos de trabalho" enquanto correm pela Techeetah e Dragon, respectivamente, na Fórmula E.

O próprio Hartley disse que ainda não "teve a chance de pensar" em qualquer prova de carros esportivos com seus compromissos F1.

Perguntado se ele estava interessado, ele disse: "100 %, mas não quero comentar. No primeiro ano na F1, haverá muito para eu aprender. Eu iria correr todos os fins de semana do ano se eu pudesse, mas F1 é a prioridade".

Relatórios adicionais de Frankie Mao

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1 , WEC
Pilotos Brendon Hartley
Equipes Toro Rosso , Porsche Team
Tipo de artigo Últimas notícias