Homenageando o pai em casa, Button prega por melhora da McLaren

Piloto britânico minimiza críticas de Ron Dennis: “acho que Ron está praticando para ser um palestrante motivacional”

Piloto da McLaren, Jenson Button chega a seu GP de casa na Inglaterra com o capacete rosa para homenagear o pai, John, morto no início do ano. O piloto se disse focado em fazer o carro da McLaren ficar mais competitivo e explicou que isso depende do time todo.

“Fórmula 1 é um esporte de equipe, estamos trabalhando muito duro pare melhorar e sabemos que temos de fazer um trabalho melhor.”

“ Estou fazendo o meu melhor. Os fãs continuam dando forças a nós. Quando as coisas estão bem, é fácil torcer, mas quando estão ruins é muito bom ter isso. Espero conseguir retribuí-los em breve.”

“Eu estou aqui 100%. Não faço coisas me medindo pela metade. Eu amo este esporte, eu amo dirigir carros e quero vencer. Acho que isso vai durar por algum tempo. Nem acredito que tenho 34, o que parece tão velho hoje em dia. Eu adoro fazer isso e tenho muita sorte em fazê-lo. É o melhor trabalho do mundo.”

Após as críticas do CEO do Grupo McLaren, Ron Dennis, Button minimizou a polêmica.

"Eu acho que Ron está praticando para ser um palestrante motivacional talvez. Eu acho que quando estamos na posição que temos estado nos últimos 18 meses, não é fácil para qualquer um dentro da equipe, é muito, muito difícil. Então, eu acho que todos nós precisamos de trabalhar mais em equipe. Eu não acho que nós deveríamos estar apontando o número em qualquer indivíduo dentro da equipe. Nós nos colocamos nessa situação e temos que lutar para sair. "
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias