Horner: Abandono de Vettel no Japão foi um golpe para fãs

Chefe da Red Bull reconhece que saída de alemão da última prova foi ruim para fãs da categoria, que gostariam ver briga pelo título até o fim

Embora Sebastian Vettel e Ferrari tenham prometido continuar lutando pelo campeonato até a última corrida da temporada, a vantagem de 59 pontos que Lewis Hamilton abriu significa que agora ele é franco favorito.

Para o antigo chefe da Vettel, Christian Horner, o abandono do alemão no GP do Japão é uma má notícia tanto para o piloto, como para os seguidores da F1, pois significa que a luta pela glória está quase acabada.

"Obviamente, tiveram má sorte", disse Horner sobre a situação da Ferrari. "Mas eu, particularmente, sinto muito por Sebastian porque é um golpe para o seu campeonato e para os fãs."

"Parece que não vamos ter a corridas emocionantes, porque nas férias de verão parecia que teríamos."

A forma como o desafio do título da Ferrari se desmoronou nas últimas três corridas provavelmente aumentará a pressão sobre o gerenciamento da equipe, já que precisará explicar apenas por que as coisas deram errado.

Horner disse que era difícil prever exatamente o que aconteceria na Ferrari em seu esforço para responder aos seus dramas.

"Eu acho muito difícil julgar estando de fora", disse ele. "A F1 é um esporte técnico, os carros são muito complexos, as coisas dão errado - já vimos isso com nossa própria unidade de energia este ano."

"Diferentes equipes lidam com isso de maneiras diferentes, acho ... não sou eu que devo julgar como a Ferrari irá reagir."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pista Suzuka
Pilotos Lewis Hamilton , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias