Horner estranha exposição de estrategista da Mercedes

compartilhar
comentários
Horner estranha exposição de estrategista da Mercedes
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
4 de jul de 2018 14:47

Chefe da Red Bull considera que James Vowles foi “jogado aos leões” ao ter que assumir erro no rádio na Áustria “só para manter Hamilton motivado”

Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal
Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 W09
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09, Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18, Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
James Vowles, Chief Strategist, Mercedes AMG F1, receives the constructors trophy for Mercedes
Virtual Safety car board
James Vowles, Chief Strategist, Mercedes AMG F1, Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, on the podium

O chefe da Red Bull, Christian Horner, achou “injusto” que o estrategista da Mercedes, James Vowles, tenha sido colocado em situação em que teve de confessar um erro no GP da Áustria apenas para manter Lewis Hamilton calmo.

Vowles fez uma rara aparição no rádio durante a corrida no Red Bull Ring para deixar claro a Hamilton que havia sido seu erro não fazer o pitstop durante o período do safety car virtual. Horner disse que não entende como a situação aconteceu e questionou os motivos de Vowles ter precisado se responsabilizar.

“É sempre difícil conhecer as complexidades das outras equipes, mas acho que uma coisa que é preciso ter é vencer como equipe e perder como equipe”, disse Horner.

“É por isso que dificilmente, seja no sucesso ou no fracasso, falamos sobre indivíduos, porque isso coloca um quantidade injusta de vigilância e pressão neste indivíduo.”

“Certamente nossa filosofia é, enquanto equipe, é responsabilidade coletiva em vez de individual. Claro, é preciso haver responsabilidade, mas é algo que é lidado dentro do ambiente certo, a portas fechadas, e não em público.”

Horner também achou estranho que Vowles tenha feito sua intervenção apenas para motivar Hamilton.

“Nunca trabalhei com Lewis e não sei o que o deixa aceso e o que não deixa, mas é bizarro precisar fazer com que alguém seja jogado aos leões para motivar um piloto a ir mais rápido do quarto lugar à liderança”, acrescentou.

Horner deixou claro que nunca permitiria que tal situação acontecesse na Red Bull, já que considera que, em situações similares, é seu papel enquanto chefe de equipe receber críticas.

“Não é a forma com que eu opero. Minha visão e meu papel como chefe de equipe é que estou aqui para proteger minha força de trabalho e garantir que eles estão representados da melhor forma possível – isso serve para os bons dias e para os ruins.”

Next article
Gil de Ferran se torna novo diretor esportivo da McLaren

Previous article

Gil de Ferran se torna novo diretor esportivo da McLaren

Next article

Ferrari estreia novo assoalho em Silverstone

Ferrari estreia novo assoalho em Silverstone
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing Shop Now , Mercedes Shop Now
Autor Jonathan Noble