Kvyat se desculpa após acidente e assume: “é fácil me atacar”

Piloto se toca com Sebastian Vettel na primeira curva na Rússia e é alvo de fúria do tetracampeão mundial

O GP da Rússia foi uma das piores corridas da vida de Daniil Kvyat. Único piloto da casa no grid da Fórmula 1, ele completou 22 anos na última terça-feira e agora é alvo de críticas de grande parte do circo da categoria.

Pela segunda vez seguida ele se tocou com Sebastian Vettel na primeira volta de uma corrida. Mas desta vez ele tirou o piloto alemão da prova, após bater não uma, mas duas vezes.

Ele tomou um stop & go de dez segundos de punição após o acidente, e se desculpou.

"Eu não esperava que ele freasse tanto na curva. Comecei a pressionar o pedal do freio, mas não havia muita pressão porque quando você trava as rodas traseiras, fica fora de controle", disse Kvyat.

"O primeiro contato veio daí, já o segundo toque eu estava logo atrás e não pude ver o que estava acontecendo à frente. Ele freou muito e eu não tive tempo para reagir."

Kvyat insiste que vai aprender com seus erros e pediu desculpas a todos.

"Obviamente, toda a confusão veio de mim. É claro que você não se sente bem, mas às vezes essas coisas acontecem", acrescentou.

"É provavelmente a maior confusão que aconteceu na minha carreira, mas geralmente eu aprendo com isso, deve estar tudo bem na próxima corrida.”

"Pedi desculpas a todas as pessoas envolvidas, e sim, vamos aprender com isso.”

O russo disse que irá conversar com Vettel. "Nós temos que falar, falaremos e isso é tudo o que podemos realmente fazer. Vamos falar os nossos pontos de vista. É claro que é fácil agora me atacar, mas eu estou bem com isso."

Ricciardo culpa companheiro de equipe

Após a corrida, Daniel Ricciardo mostrou sua frustração por ter tido seu carro danificado em um acidente causado por seu companheiro Kvyat.

"A corrida realmente terminou no início", disse Ricciardo. "É óbvio que terminamos a corrida, mas nós tivemos muitos danos depois da primeira curva, então nós realmente não sabemos qual era o nosso ritmo real hoje.”

"Eu fiquei um pouco engarrafado. Tive Sebastian Vettel por dentro e Sergio Perez do lado de fora. Vi Seb tentar passar, mas sabia que não tinha sido ele que provocou o acidente, sabia que ele tinha sido atingido por trás. Eu vi um replay em um telão durante o Safety Car e pareceu que Daniil havia feito aquilo, o que foi um pouco frustrante.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Pista Sochi Autodrom
Pilotos Daniil Kvyat
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias