Leclerc correrá com seu terceiro número de escolha na F1

Piloto monegasco queria números de Raikkonen e Gasly para estreia, mas teve que se contentar com o 16

Recentemente anunciado como piloto da Alfa Romeo Sauber na F1 em 2018, Charles Leclerc revelou que seu número na categoria, o 16, foi sua terceira escolha.

O campeão da F2 fará sua estreia na próxima temporada, sendo escolhido como parceiro de Marcus Ericsson na equipe suíça.

O lançamento da pintura da Alfa Romeo no último fim de semana havia dado dicas de que Leclerc havia escolhido o 16 como seu número permanente, o que foi posteriormente confirmado pela equipe.

Durante a premiação da FIA em Paris, Leclerc revelou que, na verdade, o 16 era sua terceira opção, já que suas duas primeiras escolhas já haviam sido escolhidas por Kimi Raikkonen e Pierre Gasly.

“Eu queria o número 7 primeiro, mas Kimi o tinha. Então, escolhi o 10, mas Pierre chegou à F1 e escolheu o 10”, disse Leclerc. “Então, eu quis o 16, porque é a data do meu aniversário e não pude escolher nada melhor. E, além disso, 1 + 6 é 7, meu número favorito.”

Questionado sobre a meta realística para sua estreia na F1, Leclerc disse que será impossível avaliar até o primeiro teste de pré-temporada em Barcelona, no próximo mês de fevereiro.

“É bem difícil criar expectativas na F1 antes de você realmente colocar o carro na pista e ver qual é seu valor. Nas categorias de base você pode mirar algo, esperar algo, mas na F1 é muito mais difícil, porque as diferenças entre os carros são bem maiores.”

“A nova unidade de potência deverá nos dar um grande passo. Espero que possamos também dar um passo com o carro, mas isso depende também do tamanho do passo das outras equipes. Isso teremos que ver.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Charles Leclerc
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias