Massa e Nasr têm primeiro ano na F1 com muitas semelhanças

compartilhar
comentários
Massa e Nasr têm primeiro ano na F1 com muitas semelhanças
Por: Gabriel Lima
3 de jan de 2016 09:52

Brasileiros estreantes pela equipe Sauber tiveram quinto como melhor resultado e terminaram temporadas em 13º; veja tabela

Felipe Massa, Williams FW37
Felipe Nasr, Sauber C34
Felipe Nasr, Sauber F1 Team
Felipe Massa
Felipe Massa, Williams FW37
Felipe Nasr, Sauber F1 Team com Felipe Massa, Williams no desfile dos pilotos
Felipe Massa leads Jacques Villeneuve
Felipe Massa, Williams FW37 leads team mate Valtteri Bottas, Williams FW37
Felipe Nasr, Sauber C34
Nick Heidfeld and Felipe Massa

Algumas diferenças e muitas semelhanças. É isso que se tira de conclusão quando olhamos as estatísticas dos anos de estreia na Fórmula 1 de Felipe Massa e Felipe Nasr.

O paulista chegou à Fórmula 1 em 2002 pela equipe Sauber - quarta colocada em 2001 e tida como maior forçado meio do grid – e pontuou logo na segunda corrida, na Malásia. Com apenas o top-6 marcando pontos naquela temporada, Felipe conseguiu apenas quatro, tendo um quinto lugar como melhor resultado.

Já Nasr, chegando pela mesma equipe Sauber, pontuou logo em sua primeira corrida (Austrália) com um quinto lugar. No entanto, o brasiliense estreou um ano depois de a Sauber não ter conseguido sequer um ponto no campeonato.

De outro lado, Massa acabou sendo substituído no GP dos EUA após bater na Jaguar de Pedro de la Rosa no GP da Itália, prova anterior. Perdendo dez posições no grid em Indianápolis após sanção da FIA, a Sauber decidiu substituir Felipe por Heinz-Harald Frentzen para que o brasileiro não largasse muito atrás. A relação do piloto com o time não era boa, o que o fez ser demitido no fim do ano. Além disso, Massa teve de obedecer a uma ordem de equipe no GP da Alemanha quando era o sexto, deixando o companheiro de equipe Nick Heidfeld ficar com o último ponto daquele GP.

Nasr cometeu poucos erros, mas foi superado com muita facilidade em classificações e corridas pelo companheiro de equipe Marcus Ericsson durante o meio do ano. Felipe culpou os freios que o time usava, ruins para seu estilo de pilotagem. Ele ainda se recuperaria e superaria o sueco em grid de largada.

Confira como foi cada um:

  Felipe Massa/2002 Felipe Nasr/2015
Corridas 16 19
Colocação final 13º 13º
Colocação do companheiro 10º (Nick Heidfeld) 18º (Marcus Ericsson)
Melhor posição 5º (Espanha) 5º (Austrália)
Melhor grid 7º (Áustria) 9º (Áustria)
Disputa de grid com companheiro 5 x 11 - Heidfeld 10 x 9 - Nasr
Abandonos 8 3
Chegadas nos pontos 3* 6
Pontos no sistema atual 46 27
Pontos no sistema de 2002 4 3

*Em 2002, apenas os seis primeiros pontuavam: 10-6-4-3-2-1

Próxima Fórmula 1 matéria
Presidente da Ferrari cobra F1: temos apelo para os jovens?

Previous article

Presidente da Ferrari cobra F1: temos apelo para os jovens?

Next article

F1 terá escapamento duplo em 2016 para aumentar som

F1 terá escapamento duplo em 2016 para aumentar som
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa Shop Now , Felipe Nasr
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias