McLaren apresenta conceito de Fórmula 1 futurista para 2050

compartilhar
comentários
McLaren apresenta conceito de Fórmula 1 futurista para 2050
Por:
23 de jan de 2019 13:50

Divisão interna da equipe inglesa esquematiza como poderá ser campeonato mundial em futuro distante

A McLaren Applied Technologies, empresa irmã da equipe de Fórmula 1, revelou um conceito extremo de como as corridas do mundial podem ser em 2050.

Como parte da visão, o time divulgou imagens de um conceito batizado de MCLExtreme. Um carro elétrico que pode chegar a 500 km/h, com tração traseira e alimentado por uma "bateria dobrável moldada ao pacote aerodinâmico".

A aerodinâmica seria "mutável", enquanto a tecnologia do carro incluiria um copiloto e "pneus autoregenerativos".

Não é a primeira vez que a McLaren revela um conceito futurista. O time já havia compartilhado sua ideia de futuro no MP4-X, em dezembro de 2015. No entanto, a "visão" do Future Grand Prix vai muito além, avaliando no que os carros, pilotos, pistas e experiências de fãs poderiam evoluir.

A McLaren diz que conduziu uma extensa pesquisa que incluiu falar com fãs, entender a "política internacional de eletrificação de veículos e metas de emissões", e avaliar como a tecnologia humana e automotiva provavelmente mudarão.

Sua ideia de circuitos de corrida futuristas inclui enormes bancos laterais, pit lanes com capacidade para carregar baterias e circuitos que podem se adaptar ao clima extremo.

Haveria também "zonas de black-out, sem comunicação ou assistência de inteligência artificial para o piloto", que teria um traje de corrida especialmente reforçado para lidar com velocidades extremamente altas.

O copiloto artificial iria "aprender" com o seu piloto, cuja emoção seria "refletida no chassi".

O conceito de circuito da McLaren também inclui tetos transparentes para permitir que os fãs vejam mais ação nas pistas. O engajamento dos fãs é outro elemento que foi explorado em detalhes.

McLaren 2050 racing track vision

McLaren 2050 racing track vision

O time pensa em ter "a sensação dos fãs sendo projetada no cockpit do carro" e o que eles chamam de "realidade mista que dá aos fãs acesso a múltiplos ângulos de câmera e dados de corrida".

Os competidores do eSports seriam capazes de competir na corrida virtualmente, em tempo real – algo que já foi explorado na Fórmula E. Os jogadores poderiam correr na pista antes dos GPs para "ensinar novas estratégias de corrida para a IA".

Explicando o conceito, o diretor de automobilismo da MAT, Rodi Basso, disse: "estamos sempre buscando inovar para encontrar a solução para amanhã hoje”.

"Nos últimos anos, vimos conceitos e ideias sobre como um carro de Fórmula 1 poderia parecer e operar no futuro.

"No entanto, esta é a primeira vez que alguém deu uma visão detalhada e insight sobre uma visão viável do automobilismo no futuro."

"Nossa esperança é que isso estimule o debate sobre como o automobilismo responde às mudanças na tecnologia e nas tendências de entretenimento esportivo para garantir que possamos atender às necessidades dos fãs em 2050."

McLaren 2050 vision

McLaren 2050 vision

Next article
Williams: Kubica não mostrou seu melhor em primeira seleção por vaga

Previous article

Williams: Kubica não mostrou seu melhor em primeira seleção por vaga

Next article

Arquiteto: tempo será curto para construção de pista no Vietnã

Arquiteto: tempo será curto para construção de pista no Vietnã
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes McLaren Shop Now
Autor Scott Mitchell