McLaren começa segunda semana de testes com problemas

A McLaren enfrentou novos problemas no início da segunda semana de teste pré-temporada da Fórmula 1, com um apagão elétrico que deu a Stoffel Vandoorne apenas sete voltas e último na tabela de tempos da sessão da manhã

Após a frustração do primeiro teste em Barcelona, quando a quilometragem da McLaren foi interrompida por uma falha com uma porca na roda e o suporte de um escape quebrado, a equipe de Woking esperava a abertura da pista para começar a acumular mais voltas nesta terça-feira.

Mas o dia começou mal quando o motor Renault do MCL33 desligou por causa de uma falha elétrica quando Stoffel Vandoorne voltou ao box após a volta da instalação, ainda nos minutos iniciais do teste da manhã.

Pouco depois, Vandoorne parou na pista após um novo começo do mesmo problema elétrico, causando uma bandeira vermelha e uma longa investigação na equipe para determinar a causa do problema.

Vandoorne pôde começar novamente pouco antes do intervalo para o almoço, para que a equipe pudesse completar o controle dos sistemas, terminando o teste da manhã com apenas sete voltas dadas, longe das expectativas do time.

Entende-se que a falha elétrica está relacionada à bateria, mas não está claro se o problema vem da McLaren ou da Renault, a fornecedora do motor.

Ajustes da carroceria

McLaren MCL33 rear bodywork detail
McLaren MCL33 rear bodywork detail

Photo by: Giorgio Piola

A McLaren também parece ter sido forçada a fazer aberturas na parte traseira da carroceria na tentativa de ajudar a resfriar o carro, tendo enfrentado dores de cabeça com superaquecimento nos testes da semana passada.

As marcas de queimadura na cobertura do motor na primeira rodada de testes levaram a equipe a adicionar slots de resfriamento adicionais na tentativa de ajudar a passagem do ar.

Quando o carro saiu na terça-feira, a equipe adicionou três slots de resfriamento adicionais na capa do motor para ajudar a extrair o ar quente.

No entanto, como mostra a fotografia exclusiva de Giorgio Piola (abaixo), isso não parece ter sido suficiente para evitar queimaduras na carroceria.

Esse tipo de slot não é ideal para o desempenho, e a equipe pode ser forçada a modificar o design da capa do motor para ajudar a aumentar o fluxo de ar e o resfriamento antes da primeira corrida da temporada.

McLaren MCL33 rear detail
McLaren MCL33 rear detail

Photo by: Giorgio Piola

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Stoffel Vandoorne
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias