Mercedes coloca McLaren e Renault como rivais em 2018

compartilhar
comentários
Mercedes coloca McLaren e Renault como rivais em 2018
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Traduzido por: Daniel Betting
27 de nov de 2017 17:41

Toto Wolff, chefe da Mercedes, acredita que o par formado por McLaren e Renault na próxima temporada será competitivo

Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Director of Motorsport
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Toto Wolff, Executive Director Mercedes AMG F1, Race winner Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1, his wi
Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Director of Motorsport
Lewis Hamilton, Mercedes F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes F1 W08
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Valtteri Bottas, Mercedes F1 W08, leads Lewis Hamilton, Mercedes F1 W08, Sebastian Vettel, Ferrari S

A Mercedes passou grande parte do campeonato lutando com a Ferrari, mas na última corrida da temporada em Yas Marina ficou 20 segundos à frente de Sebastian Vettel, o terceiro lugar na corrida.

Mas ao invés de ver a enorme diferença de desempenho entre as duas equipes como sinal de que a Mercedes avançou mais em seu carro, Toto Wolff, chefe da Mercedes, acredita que o fato de o título da F1 estar decidido influenciou no desempenho da Ferrari para a última etapa.

"Obviamente, estou encantado com o resultado de Abu Dhabi, mas você tem que ter cuidado ao interpretar o ritmo", disse.

"Este foi o início da temporada de 2018, e não tenho certeza de ter visto nos carros tudo o que os terão no ano que vem".

“Prefiro permanecer cético e exigente para não deixar nenhuma pedra no caminho na tentativa de resolver os problemas do carro".

"O nosso foi o carro mais rápido, como já dissemos, uma espécie de ’diva’. E gostaríamos de continuar assim, mas eliminando seu caráter caprichoso".

Enquanto a Ferrari e a Red Bull terminaram a temporada bastante igualadas, Wolff acredita que é muito difícil prever qual será a principal ameaça da Mercedes em 2018.

"Você tem que ter cuidado. Quando todas as mentes pensantes da equipe se juntaram em janeiro, não acreditaremos que a Ferrari estará no radar. E desde o início eles tinham um carro muito rápido. Portanto, não podemos descontar nada".

Além das duas principais equipes que enfrentaram neste campeonato, Wolff adverte que a equipe de Fernando Alonso e Carlos Sainz pode surpreender.

"Agora mesmo parece que serão Ferrari e Red Bull, mas tenho curiosidade em saber onde McLaren e Renault estarão, porque eles têm os recursos".

"Eu não descartaria ninguém, as regras são as mesmas, então pode ser uma temporada muito competitiva".

Próxima Fórmula 1 matéria
Com ano “perfeito”, Hamilton iguala recorde de Schumacher

Previous article

Com ano “perfeito”, Hamilton iguala recorde de Schumacher

Next article

Renault culpa replay por não devolução de posição de Hulk

Renault culpa replay por não devolução de posição de Hulk
Load comments