Mercedes evita dar status de nº 2 a Bottas: “Decisão óbvia”

compartilhar
comentários
Mercedes evita dar status de nº 2 a Bottas: “Decisão óbvia”
19 de set de 2017 16:00

Chefe da equipe diz não querer “ferrar mente” de seu piloto, mas promete analisar situações até o fim do ano

Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Director of Motorsport celebrates, the team
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 and Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 celebrate
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 F1 W08
Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, third place Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 celebrate with the team
Third place Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 celebrates with the team
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17

Mesmo com a vitória de Lewis Hamilton no GP de Cingapura o deixando isolado na liderança do mundial de 2017 da Fórmula 1, a equipe Mercedes não irá coloca-lo como primeiro piloto do time.

Para o chefe da equipe, Toto Wolff, todo cuidado é pouco na administração de seus pilotos. No entanto, ele reconhece que cada vez mais Hamilton está com mais chances de título que Valtteri Bottas, terceiro no mundial de pilotos a 51 pontos do inglês

"Eu acho que é bem óbvio que sua chance de ganhar o campeonato de pilotos é maior que a de Valtteri", disse Wolff.

"Então, como fizemos no passado, observaremos a corrida anterior e vamos avaliar. Então, a decisão fica óbvia.”

"Eu não gostaria de fazer um compromisso direto e dizer que ele é nosso número um, porque eu não quero ferrar a mente do nosso segundo piloto.”

"Porque se ele estiver na frente, estará liderando a corrida. É por isso que eu não quero fazer isso."

Próxima Fórmula 1 matéria
McLaren: Vandoorne começou a fazer o que esperávamos dele

Previous article

McLaren: Vandoorne começou a fazer o que esperávamos dele

Next article

Magnussen elogia F1 por largada sem Safety Car na chuva

Magnussen elogia F1 por largada sem Safety Car na chuva
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias