“Nunca houve a pressão para ter um piloto jovem", diz Horner

Chefe da Red Bull aponta a preferência por pilotos mais experientes para ocupar a vaga de Mark Webber ano que vem

O chefe da Red Bull, Christian Horner, apontou que prefere um piloto mais experiente para ocupar a vaga de Mark Webber e salientou que não há pressão interna para usar um dos pilotos jovens que a empresa testa na Toro Rosso, sua equipe satélite.

Desde a compra da Minardi por parte dos austríacos, apenas Sebastian Vettel foi “promovido” para a equipe principal. Para o ano que vem, com a aposentadoria de Mark Webber, Horner já avisou que a disputa é entre Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen.

 “Acho que nossa situação é que queremos ter o time mais forte. Somos uma equipe que venceu o campeonato nos últimos três anos, e queremos nos certificar de que estaremos em posição de competir e lutar por campeonatos no futuro”, destacou.

“Nunca houve a pressão para ter um piloto jovem. É uma questão de ter o melhor time no final das contas. Claro que os jovens estão sendo considerados, mas não há esse pré-requisito para o ano que vem. Você sempre quer colocar os pilotos mais fortes nos melhores carros. Mark nos deixa com uma grande responsabilidade.”

Mesmo apontando que pode escolher um piloto mais experiente, Horner fez questão de salientar o bom trabalho que Daniel Ricciardo vem fazendo na Toro Rosso neste ano.

“Acho que Daniel, considerando o equipamento que tem, está fazendo um trabalho muito bom, e é por isso que quisemos observá-los em Silverstone, e ele se deu muito bem lá – não poderia ter feito muito mais.”

Perguntado sobre a possibilidade de Fernando Alonso ser o companheiro de Vettel ano que vem, Horner afirmou que “seria interessante. No final, você tem de pensar no que é certo para a equipe, e obviamente a dupla que tivermos ano que vem terá de ser a certa para a equipe. Semana passada a especulação era sobre Kimi, agora é sobre Fernando. Acho que não podemos fazer isso tirar nosso foco de ter o melhor pacote para o próximo ano, com os pilotos mais rápidos que pudermos, para que possamos trabalhar bem juntos e chegar aos melhores resultados para a equipe.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias