Para Raikkonen, rodada foi causada por erro no mapeamento

Campeão de 2007 roda logo após sair dos pits em Montreal e deixa pódio de bandeja para Valtteri Bottas.

Depois de se aproveitar de um problema do companheiro nos treinos, Kimi Raikkonen pela primeira vez no ano largou à frente de Sebastian Vettel, em terceiro. O resultado normal para o finlandês seria o pódio, no entanto, com uma rodada em sua “out lap” logo após sua primeira parada, o piloto caiu para quarto, atrás do compatriota Valtteri Bottas.

Kimi justificou seu contratempo com um erro cometido no mapeamento de seu motor, que o fez, ao acelerar na saída do hairpin, destracionar e rodar.

"Nós provavelmente deveríamos ter sido mais espertos sobre isso, não fui capaz de evitar", disse ele. "Em nosso mapa tínhamos algo que estava no limite.”

"Você move o pedal um pouco a mais e tem uma enorme diferença no torque. Não houve como controlar o carro mais.”

"Foi o que aconteceu no ano passado. Foi uma coisa um pouco diferente agora, mas acabou do mesmo jeito. É uma coisa estúpida, mas acontece. Nós temos de aprender com isso mas, obviamente, prejudicou a nossa corrida. Queríamos mais, mas é o que é."

Ferrari queria mais

Embora a Ferrari ainda tenha conseguido obter pontos valiosos em um fim de semana onde as coisas não deram certo, Raikkonen admite que sua equipe estava ansiosa para mais.

"Não foi o fim de semana mais agradável para nós, mas nós ainda voltamos para casa com quarto e quinto lugares. Por isso não foi um desastre.”

"Mas estamos à procura de resultados melhores. Isso é o que queremos. Nossa posição foi decepcionante, mas temos de continuar a trabalhar e melhorar."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pista Circuit Gilles-Villeneuve
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias