Pérez diz que ação legal salvou Force India

compartilhar
comentários
Pérez diz que ação legal salvou Force India
Por: Ben Anderson
28 de jul de 2018 17:54

De "coração partido" em fazer uma ação legal contra equipe e seu dono, Vijay Mallya, mexicano diz que atitude foi necessária para evitar falência

Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India walks the track
Sergio Perez, Force India VJM11, leads Esteban Ocon, Force India VJM11
Sergio Perez, Force India VJM11

A Force India entrou em administração judicial nesta sexta-feira, após uma ação legal liderada por Sergio Pérez, apoiada pela Mercedes e pela patrocinadora, a BWT.

O mexicano diz que sua principal motivação é salvaguardar o futuro da equipe de F1, não recuperar as dívidas que lhe são devidas.

"Eu acabo em uma situação muito difícil", disse Pérez. "O último mês foi extremamente difícil para mim, com a situação em que a equipe estava, e eu acabei no meio.”

"Chegamos a um ponto em que a ação tinha que ser tomada para proteger as 400 pessoas que trabalham na equipe.”

"Eu realmente não gostaria de estar envolvido nisso, porque no final do dia eu sou apenas um piloto, e alguns membros da equipe me pediram para ir em frente e salvar o time.”

"Houve uma petição de liquidação de outro cliente, que teria fechado completamente a equipe. Portanto, pediram que basicamente salvasse a equipe, para puxar o gatilho e colocar a equipe em administração judicial.”

"Não tem nada a ver com meus valores pendentes. A única razão pela qual fiz isso é para salvar a equipe e para o futuro melhor.”

"Foi extremamente difícil, emocional e mentalmente. É muito difícil. Não consegui me concentrar na minha direção.”

"Eu realmente não entendo todos os termos com os advogados, mas certamente ou fazemos isso ou a equipe teria falido."

Leia também:

A ação legal de Pérez tirou o controle de qualquer possível venda da equipe de Mallya e da holding Orange India Holdings Sarl, e também impediu que a Force India fosse "liquidada".

Pérez ainda não falou com Mallya sobre a situação, mas espera que "meu amigo receba um bom benefício" das próximas etapas do processo, à medida que a equipe busca nova propriedade.

"Pessoalmente, eu amo Vijay", acrescentou Pérez. "Meu coração está realmente partido porque sei que isso não é ideal a curto prazo para ele.”

"Estamos todos conscientes da situação que Vijay está passando. Ele está passando por um momento muito difícil, não apenas legalmente, mas também financeiramente.”

"A equipe não era mais sustentável, então quando eu era basicamente um cara que poderia fazer algo pela equipe, eu tinha que fazer isso.”

"Não éramos mais uma equipe de corrida desde o início de janeiro. Ficarei feliz se conseguirmos reunir todo o grupo e, com sorte, ficarmos felizes e focados.”

"Espero ter uma equipe que seja mais estável e possa ir para o próximo nível e possa ser uma equipe de corrida [de novo]."

Próxima Fórmula 1 matéria
Verstappen escapa de punição por incidente com Grosjean

Previous article

Verstappen escapa de punição por incidente com Grosjean

Next article

Magnussen: A Haas é uma equipe muito mais estável que a McLaren

Magnussen: A Haas é uma equipe muito mais estável que a McLaren
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez Shop Now
Equipes Force India
Autor Ben Anderson
Tipo de matéria Últimas notícias