Preview da F1: chances da Ferrari, novas regras e muito mais

Às vésperas da nova temporada, os editores internacionais do Motorsport.com opinaram sobre os principais tópicos que cercam a categoria neste início de ano

O painel

 Charles Bradley, Editor-chefe

 Jonathan Noble, Editor de F1

 Pablo Elizalde, Editor

 Franco Nugnes, Diretor do Motorsport.com Itália

 Erwin Jaeggi, Editor de F1, Holanda

 Oleg Karpov, Editor de F1, Rússia

 Mario Fritzsche, Editor Sênior, Alemanha

 Felipe Motta, Diretor do Motorsport.com Brasil

A Ferrari vai diminuir a diferença para a Mercedes?

Charles Bradley (CB): Com os recursos que eles têm, certamente há potencial. Ao alterar a unidade de potência e a arquitetura do ERS deve ajudar, ganhando mais performance e ficando com a confiabilidade mais frágil. Podemos ter uma Ferrari rápida, mas sem ser sólida contra uma Mercedes veloz e sólida?Acho que essa seja a tônica da temporada.

Jonathan Noble (JN): Sim, pode. Sendo capaz de traduzir em resultado as modificações no chassi e no motor, definitivamente há uma possibilidade maior do que no ano passado. E estando bem, pode ser bom para o campeonato colocando a Mercedes sob pressão, podendo causar problemas e chances de vitórias para a Ferrari.

Pablo Elizalde (PE): Não. A Mercedes deve dominar toda a era do V6 por completo até que haja mudanças nos regulamentos para 2017. A diferença foi muito grande no ano passado e não espaço para a Ferrari mudar este quadro com o quadro de regras atual, embora espero estar errado.

Franco Nugnes (FN): Será uma luta entre as duas equipes, com as outras trás. Acredito que a Ferrari reduziu a diferença para Mercedes e a temporada será decidida em qual equipe pode evoluir seus chassi de maneira mais rápida do que seus rivais. Tenho a sensação de que a Mercedes começará na frente, mas Vettel é capaz de perturbar o equilíbrio de poder.

Erwin Jaeggi (EJ): A Ferrari definitivamente evoluiu neste inverno, mas acredito que a Mercedes ainda vai dominar. Vamos ver a Ferrari vencer uma ou duas corridas a mais do que no ano passado, mas não será suficiente para brigar pelo título.

Oleg Karpov (OK): Parece que a Ferrari diminuiu a diferença, mas não que brigue de igual para igual com a Mercedes todo fim de semana. Eu diria que estaremos nas férias de verão com a Ferrari isolada na segunda posição. Com a mudança profunda dos regulamentos para 2017, acredito que os rapazes de Maranello consigam mudar o foco para um novo projeto.

Mario Fritzsche (MF): Os testes de pré-temporada indicam  pelo menos está mais próxima. Talvez eles até estejam um pouco melhores, mas acho que a Mercedes deve conseguir voltar à diferença anterior. A disputa entre pilotos deve estar muito mais parelha do que esteve em 2014 e 2015. A diferença estará no número de erros que cada um possa cometer.

Felipe Motta (FM): Acredito que a Ferrari estará mais perto e vai vencer Mercedes em algumas corridas, embora eu não acredite que eles ganharão o campeonato. As Flechas de Prata ainda estão à frente.

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid leads Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Foto: XPB Imagens

Rosberg vai manter a boa fase da parte final da temporada passada ou Hamilton voltará a dominar?

CB: Não é estranho nos dias de hoje com a telemetria e toda tecnologia disponível chegarem perguntas como se Nico vai continuar feliz no topo  ou se Hamilton voltará a dominar? É sempre bom lembrar que esse é um esporte em que o fator humano é importante. Eles não são robos, nem sempre eles acertam, eles também fazem asneiras. Espero que a resposta certa seja sim e sim e que temos todas as corridas como Bahrein 2014.

JN: O que houve no fim do ano passado não conta muito para 2016. Hamilton admitiu que não teve tanto foco nas provas finais. Tudo vai começar do zero nessa temporada e tudo vai se resumir a quem vai conseguir explorar o melhor do W07 primeiro.

PE: Hamilton baixou a guarda após ganhar o título, então não vejo razões para pensar que Rosberg será candidato ao título. Acredito que Hamilton deve voltar à velha forma assim que a temporada começar e estando bem, ele é melhor do que seu companheiro de equipe.

FN: O contrato de Nico termina no fim do ano e ele vai tentar manter a forma da parte final de 2015, mas Hamilton não vai querer diminuir o ânimo. Se a vida social de um piloto não tem efeito negativo em cima de seu rendimento, Rosberg terá dificuldades em vencê-lo. Caso contrário, o campeonato está aberto. Não descarto Vettel também.

EJ: Rosberg só começou a sua série de poles e vitórias após a luta pelo título já ter sido decidida. Acho que Hamilton deve voltar à sua forma habitual.

OK: É o último ano do contrato de Rosberg com a Mercedes, então a partir de um certo ponto de vista é tudo ou nada para ele este ano. Ele pode ser menos conservador quando combater Lewis.

MF: Não vejo Rosberg continuando na mesma fase do final de 2015. Hamilton afirmou que ele estava "subconscientemente mais relaxado" uma vez que ele teve seu tricampeonato selado. Para mim, Hamilton ganhar o terceiro título consecutivo é muito mais provável do que Rosberg vencer pela primeira vez.

FM: Não. Hamilton vai vencê-lo novamente. A única maneira de ter uma batalha pelo campeonato é se Lewis perde a cabeça por algo fora da pista - namorada ou glamour, por exemplo.

 

Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 

Photo by: XPB Images

O progresso da McLaren poderá deixar seus pilotos satisfeitos?

CB: Foi doloroso ver por várias vezes assistir a falta de progresso da McLaren no ano passado e mesmo que a Honda tenha feitos alguns progressos, ainda é provável que fiquem bem atrás.

JN: No curto prazo, entregando pontos regulares e lutando no Q3 - como a equipe deve ser capaz de fazer a partir de Melbourne , será suficiente para manter Jenson Button e Fernando Alonso felizes. Mas o seu contentamento a longo prazo vai depender sobre o quão bom as atualizações da Honda serão.

PE: A McLaren vai, inevitavelmente, fazer algum progresso, porque, dada a situação em que se encontrava no ano passado, dando um passo a frente deve ser bastante simples. Será que vai deixar seus pilotos satisfeitos? Isso vai depender do seu estado de espírito que se aproxima nesta temporada. Espero que eles estejam lutando por pontos, muitas vezes, mas para um lugar no pódio? Altamente improvável.

FN: A McLaren dará um passo à frente este ano, mas não o suficiente para incomodar as equipes do topo. Agora o motor Honda parece ser confiável. Se ainda tiver pouca potência, os pilotos também vão começar a ver os defeitos do MP4-31, que é apenas rápido nas curvas.

EJ: A McLaren ainda tem muito trabalho a fazer. Se eu fosse eles, mudaria o foco para 2017 para me dar uma chance real de ser competitivo novamente no próximo ano, quando temos novos regulamentos que entrarão em vigor. E isso também pode ser o momento perfeito para substituir Jenson Button por Stoffel Vandoorne.

OK: Jenson não ficaria por mais um ano se a McLaren não lhe mostrasse algo convincente. Assim, não há dúvida algum potencial.

MF: Após um ano eles devem estar mais competitivos. Se Alonso vai ficar na equipe vai depender do que as novas regras e o que a McLaren deve oferecer. Seria uma grande surpresa se Button tiver seu contrato prorrogado.

FM: Os pilotos não estarão satisfeitos. Para Alonso e Button, estar na frente lutando pela top5 representa um progresso aceitável, mas eu não acredito que eles conseguirão. 

Fernando Alonso, McLaren MP4-31

Foto: XPB Imagens

Qual equipe será a "melhor do resto" do grid?

CB: A Force India deve começar em um bom lugar após o final de 2015, com a Williams correndo por fora. Minha dica principal é observar a Toro Rosso - com motor Ferrari - melhor do que a Red Bull.

JN: Esta é uma situação que deve evoluir ao longo do campeonato. A Williams deve começar a temporada com a melhor chance de ser a melhor após Mercedes e Ferrari. Mas o chassi da Red Bull parece ser forte e se a Renault puder proporcionar ganhos decentes do motor, então eles podem se superar.

PE: Williams, mais uma vez, será o terceiro melhor time, mesmo porque as coisas estão ficando muito semelhantes ao ano passado. A Red Bull está depositando suas esperanças de recuperar o atraso com a Renault, mas até agora não houve um motivo real para acreditar que possam produzir um motor V6 suficientemente competitivo pela regulamentação em vigor.

FN: A Red Bull estará melhor posicionada para preparar uma armadilha para a Williams quando se trata de terceiro lugar no mundial de construtores. A Force India começa o ano com um carro competitivo, mas sem os recursos para desenvolvê-lo, o que significa que terá que prestar atenção para a Toro Rosso - que tem um carro muito refinado, mas um motor que não teré nenhum desenvolvimento.

EJ: A Williams deve ser a terceira equipe mais forte do grid.

OK: Red Bull. A Confiabilidade do motor Renault não deve mais ser um problema e estou convencido de que haverá dezenas de cavalos de potência adicionais vindos de Viry, mais tarde, durante a temporada.

MF: Difícil de prever, porque todos eles têm seus pontos fortes. No caso da Williams, é claramente a unidade de potência. No caso da Red Bull, deve ser mais uma vez o chassi. E no caso da força India, pode ser uma combinação de ambos. Assim como na luta entre Mercedes e Ferrari, o resultado será decidido por qual equipe tiver a menor quantidade de erros.

FM: Esta é uma decisão difícil, mas aposto na Williams.

 

Felipe Massa, Williams FW38
Foto: XPB Imagens

Como será o desempenho da Haas em sua primeira temporada?

CB: Início irregular, como vimos nos testes. Mas é ótimo ver uma nova equipe com tal promessa, eu realmente espero vê-los marcando pontos muito em breve.

JN: Como vimos nos testes de pré-temporada, eles provavelmente terão uma temporada de altos e baixos. O motor parece ter uma base sólida, por isso não há razão para não acreditar que nos dias bons, eles não devem lutar por pontos.

PE: Baseado nos testes de pré-temporada, a Haas pode deixar algumas equipes já estabelecidas com vergonha. Sua estreia será, provavelmente, a mais forte de uma nova equipe na F1 nos últimos anos, e com o motor Ferrari (e o seu apoio) por trás, a equipe norte-americana poderia levantar algumas sobrancelhas.

FN: A equipe americana terá um ano difícil em seu início com um carro que teve alguns problemas nos testes, mas poderá ser uma das surpresas na segunda metade do ano nas mãos de Romain Grosjean.

EJ: Melhor entre as equipes que entraram na F1 desde 2010. A Haas teve muito tempo para se preparar, assinando com dois pilotos com experiência e que foram inteligentes  o suficiente para estabelecer uma parceria com a Ferrari. Nós não veremos pontuando de imediato, mas podemos vê-los correr no meio do grid até o final do ano.

OK: A pré-temporada foi impressionante, então os pontos são possíveis. Não será fácil. Talvez a Haas precise de um pouco de sorte, mas eles serão capazes de aproveitar as oportunidades, se existirem.

MF: Eles devem se sair muito melhores do que os recém-chegados dos últimos anos. A preparação foi boa e os testes de inverno poderiam ter sido piores. O objetivo de marcar pontos durante a sua temporada de estreia parece ser realista.

FM: Em comparação com o que a Caterham, Marussia e HRT fizeram no passado, sim, mas não acredito que eles vão estarão em uma posição para pontuar com frequência.

Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-16

As mudanças nas regras devem ajudar na qualidade das corridas?

CB: A classificação não precisava mudar e as regras de pneus não mudaram muito. Do lado esportivo, eu realmente gostaria de ver a Mercedes permitir que Hamilton e Rosberg misturem suas estratégias de corrida, em termos de escolha de pneus.

JN: A classificação não fará qualquer diferença. No entanto, a escolha composto do pneu extra pode também misturar as coisas - deixando mais opções para as equipes e espero que façam as corridas ganharem vida como essas estratégias diferentes.

PE: Resposta curta: não. O novo formato de classificação pode causar alguns transtornos de vez em quando, mas uma vez que as equipes se acostumem com ela, não vai mudar nada. O mesmo se aplica às regras de pneus. Ambos parecem estar com alterações insignificantes na esperança de serem algo mágico, mas não é assim que as coisas funcionam.

FN: Os pilotos não estão acostumados com a nova classificação, assim, no início da temporada vamos ver um pouco de confusão antes da ordem habitual se firmar. Os três compostos de pneus, por outro lado, poderia perturbar as estratégias de corrida das equipes, criando algumas surpresas, mas a mudança real vem da restrição no rádio das equipes.

EJ: O novo sistema de eliminação na classificação vai certamente apimentar o sábado e oferecer algumas surpresas, e as novas regras de utilização de pneus têm o potencial de fazer o mesmo no domingo. Embora essas coisas podem nos dar alguns momentos de entretenimento, a questão de oferecer uma melhor corrida é diferente. Às vezes fazer as coisas mais simples pode levar a um melhor resultado final.

OK: Não. A regra dos pneus não terá um grande impacto. Depois de algumas corridas, provavelmente veremos as equipes escolherem quase o mesmo número de compostos para os seus pilotos. A classificação não mudou drasticamente, por isso eu não espero nenhuma surpresa aqui também.

MF: O uso dos pneus pode misturar as coisas um pouco para a primeira parte da temporada, mas acho que, uma vez que as equipes não se acostumem com isso, a hierarquia será a mesma de 2015.

FM: Talvez nas primeiras corridas, mas, normalmente, como o passar do tempo, com pilotos e equipes se acostumando com as novas formas de trabalho, tudo vai ficar mais ou menos no mesmo nível.

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12 leads Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H

Como estará o mercado de pilotos ao final do ano?

CB: Max Verstappen, que deve ir para a Red Bull ou contratado pela Ferrari - talvez até mesmo na Mercedes, caso Nico vá mal. Magnussen e Palmer terão que mostrar resultados, como posso ver Alonso encontrando seu lugar na Renault, dando lugar a Stoffel Vandoorne.

JN: O homem-crise será Kimi Raikkonen - com a decisão se deve ou não continuar. A Ferrari é provavelmente o melhor lugar disponível, de modo que outros pilotos irão manter o fogo e esperar para ver o que acontece. Valtteri Bottas e Max Verstappen seriam os homens mais propensos, mas quais as chances de Daniel Ricciardo se a Red Bull não for bem?

PE: O foco principal estará sobre os pilotos da McLaren, mais uma vez. Se a equipe não entregar um carro semi-competitivo, as dúvidas sobre o futuro de Alonso irão aparecer novamente. Quanto a Button, eu diria que esta é a sua última temporada na F1, apesar de, provavelmente, querer estar lá em 2017. A pressão também estará na Red Bull para promover Verstappen ou Sainz e assento de Raikkonen na Ferrari também é provável que esteja no centro das atenções.

FN: Os assentos mais cobiçados serão os de Rosberg e Raikkonen. Alonso perdeu a chance de dirigir em uma equipe do topo, por isso o melhor que ele pode aspirar é um retorno à Renault. Ricciardo e Verstappen serão os mais procurados, mas uma nova geração de pilotos, liderada por Stoffel Vandoorne e Esteban Ocon, vai chegar.

EJ: Max Verstappen detém a chave para o mercado de pilotos deste ano, com todas as equipes do topo mostrando interesse por ele no ano passado. Ele poderia permanecer fiel à Red Bull e subir para o time principal para 2017, mas que a sua situação permanece pouco clara e Dietrich Mateschitz mantém dúvidas sobre o futuro de sua empresa no esporte, que muito bem poderia ver Verstappen ir para outro lugar.

OK: Raikkonen ainda detém a chave para o mercado de pilotos. A decisão da Ferrari de não prorrogar o seu contrato pode levar a uma série de movimentos, com os dois pilotos da Red Bull sendo favoritos para assumir o assento de Kimi.

Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso STR11
 

Veja os prognósticos de cada um

Pos.Piloto       Pontos
1  Hamilton 1st 1st  1st 1st 1st 1st 1st 1st 80
2  Vettel  2nd 2nd 3rd 2nd 3rd 2nd 2nd 3rd 69
3  Rosberg  3rd  4th  2nd 3rd 2nd 3rd 4th 2nd 65 
4  Raikkonen  4th 3rd 5th 4th 4th 4th 3rd 4th 57
5  Bottas  7th 7th 4th 7th 5th 8th 6th 5th 39 
6  Ricciardo  10th  5th  8th  6th  7th  6th  7th 7th  32 
7  Massa    6th 7th 5th 6th  9th   6th 27 
8  Verstappen  5th 9th 6th 8th 10th   8th   20 
9  Kvyat      9th   9th 5th 5th 10th 17 
10  Perez  9th 8th     8th 7th 9th 8th 17 
11  Hulkenberg  6th   10th 9th       9th 10 
12  Sainz  8th 10th   10th        
13  Alonso            10th 10th  

Pontuação 10-9-8-7-6-5-4-3-2-1 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Preview