Primeiro dia da Stock tem enxurrada de reclamações sobre asfalto

Pista de Tarumã gera desgaste excessivo dos pneus, o que torna pilotagem perigosa; Nonô é o mais rápido da sexta

Com diversas e severas críticas em relação ao asfalto antigo e defasado, unico ítem que não fez parte da grande reforma recente, Tarumã recebeu os carros e pilotos da Stock Car nesta sexta-feira para o primeiro dia de treinos referente à nona etapa da temporada 2012, que acontece no domingo.

Um dos que soltaram o verbo nesta sexta-feira foi Ricardo Zonta, da equipe Linea Sucralose RZ: "Tarumã é uma pista perigosa com esse asfalto pré-histórico, onde os carros não conseguem andar devido ao desgaste assombroso dos pneus, que não chegam nem a completar cinco voltas. Fizeram boxes novos, investiram na melhoria da infra-estrutura, mas a primeira coisa, a mais importante, que deveria ter sido feita era o recapeamento do asfalto."
 
"Apesar desta pista ser de alta velocidade como Cascavel, aqui o desafio será ainda maior em termos de evitar o desgaste de pneus. O asfalto é bastante abrasivo e isso torna o trabalho de ajustar o carro ainda mais complicado. É difícil fazer uma leitura de como está se comportando o carro nestas condições", endossa Valdeno Brito, da Shell A.Mattheis.
 
Alguns pilotos, como Antonio Pizzonia, da Comprafacil JF, cogitam inclusive realizar uma parada para troca de pneus, algo que era obrigatório até a temporada passada. "Creio que alguns pilotos vão optar pelo pit stop para troca de pneus. Temos que ficar atentos a isto, até porque aqui a parada não perde tanto tempo, com a entrada e saída de box bem rápidas. Esta deve ser uma corrida tão movimentada quanto à de Cascavel, pois muitos carros perderão muito ritmo de volta-a-volta, principalmente nos 15 minutos finais."
 
Quem não teve queixas a fazer foi Nonô Figueiredo, da Mobil Super Pioneer AMG, que registrou o melhor tempo da sexta-feira em 1min03s958, apenas 0s046 à frente de Ricardo Mauricio, da Eurofarma RC. Allam Khodair, da SER-Glass Vogel marcou o terceiro tempo na sessão, que teve 19 pilotos dentro do mesmo segundo - entre eles o atual líder do campeonato, Cacá Bueno, da Red Bull, o sexto.
 
A tomada de tempos está marcada para as 12h10 deste sábado (de Brasília). Confira os tempos combinados:
 
1. Nonô Figueiredo (SP/Mobil Super Pioneer AMG), 1min03s958
2. Ricardo Maurício (SP/Eurofarma RC), 1min04s104
3. Allam Khodair (SP/SER-Glass Vogel), 1min04s115
4. Daniel Serra (SP/Red Bull), 1min04s129
5. Átila Abreu (SP/Mobil Super Pioneer AMG), 1min04s181
6. Cacá Bueno (RJ/Red Bull), 1min04s324
7. Lico Kaesemodel (PR/Credipar RCM), 1min04s470
8. Thiago Camilo (SP/Ipiranga RCM), 1min04s484
9. Valdeno Brito (PB/Shell A.Mattheis), 1min04s491
10. Felipe Maluhy (SP/Medley Full Time), 1min04s519
11. Ricardo Sperafico (PR/Prati-Donaduzzi), 1min04s563
12. Rodrigo Sperafico (PR/Prati-Donaduzzi), 1min04s628
13. Xandinho Negrão (SP/Medley Full Time), 1min04s687
14. Ricardo Zonta (PR/Linea Sucralose), 1min04s713
15. Max Wilson (SP/Eurofarma RC), 1min04s721
16. Denis Navarro (SP/Neoquimica Vogel), 1min04s798
17. David Muffato (PR/Itaipava Boettger), 1min04s842
18. Galid Osman (SP/BMC Full Time), 1min04s866
19. Diego Nunes (SP/Hot Car), 1min04s931
20. Vitor Meira (DF/Officer ProGP), 1min05s076
21. Popó Bueno (RJ/Linea Sucralose), 1min05s078
22. Antônio Pizzonia (AM/Comprafacil Nascar JF), 1min05s081
23. Pedro Boesel (PR/Comprafacil Nascar JF), 1min05s172
24. Giuliano Losacco (SP/Shell A. Mattheis), 1min05s189
25. Claudio Ricci (RS/Bassani), 1min05s276
26. Tuka Rocha (SP/BMC), 1min05s282
27. Eduardo Leite (SP/Hot Car), 1min05s567
28. Duda Pamplona (SP/Officer ProGP), 1min05s876
29. Júlio Campos (PR/Carlos Alves), 1min06s442
30. Patrick Gonçalves (BA/Carlos Alves), 1min06s745
31. Luciano Burti (SP/Itaipava Racing), 1min10s001
32. Matheus Stumpf (RS/Bassani), 3min42s971
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias