Red Bull quer escolher motor de 2019 até o GP da Áustria

compartilhar
comentários
Red Bull quer escolher motor de 2019 até o GP da Áustria
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble , Formula 1 Editor
7 de jun de 2018 10:25

A Red Bull traçou para si mesma a meta de definir seus planos de motor para 2019 no GP da Áustria, no próximo mês, já que ainda pondera sobre a possibilidade de mudar para os Honda.

Dr Helmut Marko, Red Bull Motorsport Consultant
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, leads Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR13
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14, leads Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Brendon Hartley, Toro Rosso STR13
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14

A equipe de Milton Keynes não possui um contrato de motores para o próximo ano e não escondeu o fato de que quer ver o progresso da atual fornecedora, a Renault.

As conversas com a Honda já foram iniciadas para avaliar uma potencial troca para a fabricante japonesa, que obteve um progresso sólido com seu motor desde o ano passado.

O GP do Canadá, neste fim de semana, é visto como um momento decisivo para a decisão da Red Bull – já que tanto Renault quanto Honda devem entregar melhorias –, e a equipe está determinada a não esperar muito tempo antes de tomar sua decisão.

Espera-se que as novidades de Honda e Renault entreguem mais de 20 cv, e a Red Bull parece certa de que se comprometerá com a fabricante que ela sentir ue obteve maior progresso. 

Ao Motorsport.com, o conselheiro da Red Bull, Helmut Marko, sugeriu que uma decisão seria tomada nas próximas semanas – o que também deve engatilhar a decisão de Daniel Ricciardo sobre sua permanência.

“Estamos em conversas”, disse Marko. “Nosso cronograma interno diz que queremos ter uma decisão sobre o motor durante o GP da Áustria. Se possível, também [decidiríamos] sobre o piloto.”

“Tenho certeza de que haverá uma decisão na Áustria. Não há muitas possibilidades.”

Enquanto que a Renault espera entregar melhoras em potência, ainda não está claro se toda a gama de desenvolvimento será obtida, já que há preocupações constantes com a confiabilidade do MGU-K. 

As novidades da Honda para o Canadá são majoritariamente uma melhoria no motor de combustão interna, o que acredita-se que possa ser estreado sem que isso ameace a confiabilidade.

Reportagem adicional de Maria Reyer

Próxima Fórmula 1 matéria

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias