Ricciardo usa versão antiga de motor no GP da Hungria

compartilhar
comentários
Ricciardo usa versão antiga de motor no GP da Hungria
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
27 de jul de 2018 12:10

Falha sofrida na Alemanha obrigou australiano a adotar motor do começo da temporada, o que o deixa com uma versão defasada em relação a Verstappen

Daniel Ricciardo terá um motor de especificação antiga em sua Red Bull em comparação a Max Verstappen no GP da Hungria deste fim de semana.

Ricciardo largou em 19º na Alemanha depois de assumir um novo MGU-K, bateria e centralina eletrônica.

A Renault decidiu que ele não receberia um novo motor de combustão interna, turbo e MGU-H, o que contrariou as expectativas da Red Bull, já que isso não faria diferença à sua punição.

A visão da Renault é de que Ricciardo tinha quilometragem suficiente pela frente em seus dois motores restantes (a especificação A, que ele usou em Mônaco, e a especificação B, introduzida no Canadá). Mas a especificação B falhou durante a corrida na Alemanha, e Ricciardo perdeu o V6 e o turbo.

Assim, na Hungria, ele voltou a seu motor inicial, a especificação A, usada na vitória em Mônaco.

Com isso, Ricciardo não está mais em sincronia com Verstappen, que usa uma nova especificação B.

Chefe da Renault na F1, Cyril Abiteboul não se arrepende da decisão de não dar a Ricciardo um jogo completo de novos elementos na Alemanha.

“No momento, tínhamos de tomar uma decisão e não havia razão alguma para introduzirmos um novo motor”, disse o dirigente ao Motorsport.com.

“Então, tivemos aquela quebra e removemos o motor, inspecionamos a peça, e foi a primeira vez que tivemos uma falha relacionada àquela parte.”

“Isso pode ser um defeito vindo da fornecedora, mas não é algo totalmente confirmado neste momento. Mas foi algo que veio do nada.”

“Então, continuo dizendo que, com a informação que tínhamos naquele momento, tomamos a decisão certa.”

Abiteboul admitiu que não era ideal o fato de que Ricciardo teve de retornar à especificação A, mas insistiu que valerá a pena esperar pela especificação C.

“Esse é um plano em que ainda estamos trabalhando, mas estamos fazendo o melhor que podemos para a Red Bull poder lutar por vitórias, talvez por poles, no fim da temporada.”

Ricciardo não receberá punições na Hungria a menos que tenha uma nova falha nos treinos. Contudo, ele se conformou com o fato de que terá de tomar novas punições em breve.

“Vamos dizer que, se tudo for normal, isso não me afetará neste fim de semana”, disse. “Mas isso me trará um pouco mais de dor após o fim das férias.”

Ainda não está certo se o motor de especificação C será usado por Ricciardo quando este assumir uma nova unidade, em Spa ou Monza.

Se não estiver, ele terá de adotar um novo de especificação B para a próxima parte da temporada.

Verstappen ainda tem direito a mais um V6, MGU-H e bateria sem sofrer punição.

Entende-se que o motor de especificação B que ele usa atualmente tem a mesma quilometragem do que a unidade que falhou com Ricciardo na Alemanha.

Próxima Fórmula 1 matéria
Michelin destaca dois grandes obstáculos para voltar à F1

Previous article

Michelin destaca dois grandes obstáculos para voltar à F1

Next article

Vettel supera Verstappen e lidera segundo treino na Hungria

Vettel supera Verstappen e lidera segundo treino na Hungria
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Localização Hungaroring
Pilotos Daniel Ricciardo Shop Now
Equipes Red Bull Racing Shop Now
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias