Segundo, Rosberg sobe ao pódio pela primeira vez desde junho

Alemão celebra final de semana normal após sequência de problemas e Mercedes rouba vice-liderança da Ferrari

Nico Rosberg largou em segundo e terminou em segundo no GP da Índia, mas o alemão não teve uma prova das mais fáceis. Preso por grande parte da prova atrás de Felipe Massa, cujo ritmo era mais lento, o piloto contou com a estratégia da Mercedes, que antecipou sua segunda parada, para superar o brasileiro e abrir caminho para seu primeiro pódio desde sua vitória no GP da Grã-Bretanha, em junho.

“Estou satisfeito. A largada foi um pouco difícil, pois perdi a posição para Massa, que definitivamente era muito mais lento. Eu cheguei a conseguir passá-lo em determinado momento, mas não pude permanecer à frente. Mas a equipe fez uma estratégia excelente e consegui superá-lo desta maneira.”

Com o segundo lugar do alemão e o sexto de Lewis Hamilton, a Mercedes ultrapassou a Ferrari na luta pelo vice-campeonato de construtores. Agora, o time alemão tem quatro pontos de vantagem para os italianos, que só pontuaram com o quarto lugar de Felipe Massa na Índia.

“O carro estava funcionando bem hoje. É importante para nós ter um final de semana normal, conquistando muitos pontos e pressionando a Ferrari no mundial de construtores. Este é nosso objetivo agora.”

Rosberg aproveitou ainda para parabenizar seu compatriota Sebastian Vettel, que se sagrou tetracampeão na Índia. “Ele fez um trabalho incrível neste ano e merece ser campeão do mundo. Tentaremos fazer um grande trabalho na pré-temporada para conseguir desafiá-lo no ano que vem.”

Sexto colocado, Lewis Hamilton não escondeu a frustração por também ter perdido tempo atrás de Massa. Para piorar, o inglês acabou ficando sem pneus no final e foi ultrapassado por Sergio Perez nas voltas finais.

“Pela corrida que eu tive, é ótimo que tenhamos conquistado muitos pontos, particularmente com o pódio de Nico. O carro esteve muito bom durante o final de semana, mas a corrida foi frustrante para mim. Tentei passar Felipe, mas não foi possível e infelizmente destruí meus pneus ao tentar. Terminar em sexto nunca é satisfatório, mas ainda faltam três corridas e vou continuar forçando. Tenho certeza de que poderemos nos manter em segundo entre as equipes e vamos lutar para conseguir isso.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Pilotos Lewis Hamilton , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias