Stroll rebate Villeneuve: “Sempre será negativo”

Jovem canadense responde a críticas de seu compatriota e afirma que nunca recebeu apoio algum do campeão mundial de 97

Piloto da Williams na F1, Lance Stroll considera que seu compatriota Jacques Villeneuve “sempre será negativo” e que, por isso, não dá atenção às palavras que são ditas pelo campeão mundial a seu respeito.

Villeneuve, dono do título de 1997 da F1, tem se mostrado um crítico assíduo de Stroll após sua primeira temporada completa na categoria. Segundo o campeão, Lance tem apresentado falta de ritmo e só conquistou seu melhor resultado na F1, com o pódio em Baku, na base da sorte.

O jovem piloto, que permanece na Williams para a temporada de 2018, deu de ombros às palavras de Villeneuve. “Eu não presto muita atenção no que ele está dizendo”, disse, em entrevista à revista francesa Auto Hebdo.

“Ele sempre será negativo de qualquer forma. Ele nunca me apoiou em nenhum sentido da palavra. Ele sempre vê o negativo. Até mesmo o pódio em Baku não foi positivo em sua visão”, completou. 

Stroll, campeão da F3 Europeia em 2016, terminou sete das 20 provas de sua temporada de estreia na zona de pontuação. Seus pontos altos foram o pódio no Azerbaijão, onde foi terceiro colocado, e a primeira fila no grid de largada para o GP da Itália. 

No geral, porém, foi superado por Felipe Massa, seu companheiro de equipe no ano passado. O brasileiro ficou com três pontos a mais, sendo que, em grids de largada, teve uma ampla vantagem de 17 a 2 (já que Massa não disputou o GP da Hungria). 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lance Stroll
Tipo de artigo Últimas notícias