"Tivemos a prova mais competitiva do ano", diz Verstappen

Apesar das mudanças constantes da prova, novato conseguiu a quarta colocação pela segunda corrida do ano

As constantes reviravoltas durante o GP dos Estados Unidos podem ter deixado alguns pilotos insatisfeitos, menos os da Toro Rosso. Max Verstappen, o quarto e Carlos Sainz Jr., o sétimo não reclamaram das adversidades.

"Foi uma espécie de corrida maluca", declarou Verstappen à rede NBCSN. "Tive vários bons duelos, especialmente com Kimi Raikkonen. Curti bastante, mas ele certamente não. Eu realmente gostei da prova de hoje! Um quarto lugar é um grande resultado, definitivamente o melhor que poderíamos ter e estou muitíssimo feliz."

"Tivemos a prova mais competitiva do ano até agora. Não cometi erros e a equipe traçou uma ótima estratégia, fazendo todas as escolhas certas."

Verstappen destacou o mérito da equipe em saber a hora certa de mudar para os pneus slick.

"É difícil saber o momento exato de mudar para pneus para seco, porque você nunca quer ir muito cedo e perder tempo, então você simplesmente tenta, espera e observa se outros farão o mesmo. Quando ouvi no rádio que outro carro estava com pneus lisos e estava OK, eu fiquei mais tranquilo."

O holandês comemorou não só a atuação dele e do time, mas também da melhora da situação do campeonato.

"O número de pontos que marcamos é impressionante. Estou muito feliz e espero poder melhorar ainda mais nas próximas corridas."

Carlos Sainz terminou em sexto, mas foi punido em cinco segundos ao tempo final por ter excedido a velocidade no pitlane e perdeu uma posição. Mesmo assim, ele também ficou satisfeito.

"Estou feliz em ter finalizado a prova dessa maneira, avançando de forma constante, principalmente na última meia hora", disse à TV espanhola Antena 3.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Sub-evento Domingo pós-corrida
Pista Circuit of the Americas
Pilotos Max Verstappen
Tipo de artigo Últimas notícias