Vasseur não acredita em sucesso da Sauber em curto prazo

Chefe da Sauber diz que, apesar do apoio da Alfa Romeo, o sucesso da equipe não deverá vir tão cedo

Sauber terminou no último lugar no campeonato do ano passado. Mas para a temporada de 2018 da Fórmula 1, muita coisa mudou.

A equipe está usando o hardware atualizado da Ferrari novamente e uma nova e valiosa parceria comercial com a Alfa Romeo foi assinada. Da mesma forma, os benefícios do apoio da Longbow Finance, anunciados há dois anos, começam a ser sentidos.

Frederic Vasseur, que substituiu Monisha Kaltenborn como diretor da equipe no ano passado, diz que a equipe estava "em uma situação difícil" quando ele chegou e, apesar dos avanços, não espera excelentes resultados no curto, mas no médio prazo.

"Eu acho que fizemos um bom trabalho na última parte da última temporada porque conseguimos nos recuperar. Agora, para o futuro, provavelmente teremos que melhorar em cada área".

Vasseur chegou à equipe após um breve período no comando da Renault. Um objetivo-chave para o Vasseur é liderar a equipe para "lutar contra o peso" em termos de pessoal. A equipe já aumentou sua força de trabalho de 320, no ano passado, para cerca de 400 funcionários e agora e espera chegar a 450 durante a temporada de 2018.

Enquanto conectar o novo motor da Ferrari deveria trazer uma melhoria imediata no desempenho, a escalada nas posições levará tempo. Vasseur descreve o processo como "comer e digerir".

"Nós levamos 20 pessoas, vamos reorganizar a empresa um pouco e teremos mais 20 homens", disse. "Temos que fazê-lo passo a passo. Mas a Renault fez nos últimos 18 meses e podemos fazê-lo no futuro".

"Eu acho que o primeiro passo para nós será nos colocar em dia. Vamos melhorar muito mais rápido assim que alcançarmos o ritmo, primeiro porque temos uma motivação extra e também porque com a comparação você vai melhorar mais rápido”.

"Se você der uma olhada nos outros projetos: Red Bull há 10 anos, Mercedes há sete anos, levou tempo para lutarem pelos campeonatos e vencerem, então vejo sucesso no médio prazo".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias