Verstappen não se arrepende de briga “normal” com Ocon

compartilhar
comentários
Verstappen não se arrepende de briga “normal” com Ocon
Por: Matt Beer
22 de nov de 2018 13:17

Holandês insiste que não se arrepende do que considera uma resposta "normal" ao empurrar rival, após GP do Brasil

Max Verstappen terá que cumprir dois dias de "serviços comunitários" para a FIA como punição pela briga com Esteban Ocon na área de pesagem em Interlagos depois que o piloto da Force India se envolveu em um incidente na pista com o piloto da Red Bull.

Perguntado antes do GP de Abu Dhabi deste fim de semana se ele agora lamentava suas ações, Verstappen respondeu: "Não, realmente não, porque eu estava atrás de um pedido de desculpas e recebi uma resposta diferente.”

"Estávamos todos alterados e naquela hora eu perdi uma vitória, então acho que do meu lado eu estava realmente calmo. Poderia ter sido muito pior.”

"E o que você espera que eu faça? Aperte a mão dele e [diga]" muito obrigado por eu ser o segundo colocado em vez de primeiro'? Acho que foi uma resposta normal."

Verstappen já havia sugerido que Ocon o incitou em sua conversa e enfatizou que estava sendo julgado sem que as pessoas soubessem o que foi dito entre eles.

"Vocês não ouviram o que foi dito na balança, você só me vê o empurrando", disse Verstappen. "Mas se você entender toda a conversa, verá que foi um pouco diferente.”

"[Ocon disse] algo que eu não esperava ouvir. Isso claramente me irritou."

Sebastian Vettel, da Ferrari, disse que podia entender a raiva de Verstappen diante das  circunstâncias.

"Nós temos emoções. Somos seres humanos e as emoções vão nos dois sentidos", disse Vettel.

"É de alegria quando algo grande acontece e você está feliz e isso muda se você não está feliz ou está chateado.”

"Estamos aqui para lutar por algo que significa o mundo para nós.”

"Todos nós começamos a correr quando éramos pequenos nos karts e estar em um carro de F1 era o sonho que todos nós tínhamos.”

Lewis Hamilton sugeriu que Verstappen poderia ter jogado com segurança quando viu Ocon atacando ele.

Mas Verstappen descartou qualquer sugestão de que ele poderia ter deixado mais espaço se estivesse em uma luta pelo campeonato.

"Eu não acho que isso mude se você estiver lutando por um campeonato", disse ele. "É fácil dizer de outras pessoas que você deveria ter feito algo diferente.”

"Eu não espero bater com um retardatário. Se você for atingido assim, eu sinceramente não entendo o que devo fazer de diferente."

Colaboração de Jonathan Noble

Max Verstappen, Red Bull Racing and Esteban Ocon, Racing Point Force India square up after the race following their on track crash

Max Verstappen, Red Bull Racing and Esteban Ocon, Racing Point Force India square up after the race following their on track crash

Photo by: Sutton Images

Next article
Kubica inicia trabalho na Williams para 2019 em treino de Abu Dhabi

Previous article

Kubica inicia trabalho na Williams para 2019 em treino de Abu Dhabi

Next article

Sirotkin "ainda não acredita" que está deixando F1

Sirotkin "ainda não acredita" que está deixando F1
Load comments