Vettel: Não estava no meu melhor em 2018

compartilhar
comentários
Vettel: Não estava no meu melhor em 2018
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
30 de nov de 2018 10:26

Alemão admite que não estava no seu melhor nesta temporada, mas sabe onde ele e a Ferrari vão melhorar em 2019

Sebastian Vettel liderava o campeonato depois de 10 corridas este ano, mas ficou atrás de Lewis Hamilton e só venceu uma vez nos nove GPs após as férias de verão.

O alemão, que não vence o título desde o último de seus quatro sucessos da Red Bull em 2013, cometeu vários erros, incluindo uma batida na Alemanha enquanto liderava e rodadas na Itália, Japão e Estados Unidos.

"Sabendo a rapidez com que as coisas podem dar errado, a rapidez com que as coisas poderiam ter sido diferentes neste ano, tenho que rever algumas coisas, mas há outras coisas que acho que deram errado e que não precisam de muita revisão e nem de excesso, complicando demais as coisas.”

"Acho que sei o que preciso fazer. Certamente, aqui e ali, olhando para trás eu não tenho estado no topo do meu jogo.”

"Então, eu olho para mim primeiro, acho que posso ser melhor do que às vezes fui esse ano."

Vettel venceu cinco corridas contra 11 de Hamilton, mas os erros de Vettel não foram a única razão pela qual o campeonato se afastou dele.

Quatro das seis vitórias da Ferrari aconteceram nas 10 primeiras corridas , mas o jogo acabou em Monza, onde Vettel bateu em Hamilton na primeira volta e rodou, e então seguiu na direção errada no desenvolvimento do carro.

"Recuamos no final do ano, o que nos permitiu ser mais competitivos novamente, mas acho que entendemos o que deu errado", disse Vettel.

"Acho que tivemos muitas lições, foi um ano difícil, no geral. Acho que a equipe é forte e tem potencial, mas com certeza foram muitas coisas que aconteceram dentro da equipe.”

"O falecimento do nosso presidente, o Sr. [Sérgio] Marchionne, obviamente teve um impacto e foi duro.”

"Cabe a nós olhar para cada detalhe e ter certeza de que sairemos como um grupo mais forte."

Estatisticamente, a temporada de 2018 foi a melhor da Ferrari desde 2008, auxiliada pelo retorno de Kimi Raikkonen ao topo mais alto do pódio.

Vettel disse que era importante não ignorar os aspectos positivos.

"Também tivemos muitas corridas onde tiramos tudo do carro e do pacote e senti que fiz tudo o que podia", disse ele. "Eu estava feliz com aquilo.”

"Por enquanto eu preciso de um pouco de tempo apenas para fechar as coisas. Temos um pouco de tempo para digerir e analisar.”

"Eu não acho que preciso mudar as coisas de cabeça para baixo, mas certamente posso me ajustar e ficar mais forte."

Next article
Norris: ajuda de Alonso em 2019 seria “valiosa” para McLaren

Previous article

Norris: ajuda de Alonso em 2019 seria “valiosa” para McLaren

Next article

Red Bull: Mais 50 cv teriam mudado nossa temporada

Red Bull: Mais 50 cv teriam mudado nossa temporada
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel Shop Now
Equipes Ferrari Shop Now
Autor Scott Mitchell