Webber espera forte concorrência na luta pela vitória

Após quarto lugar frustrante na Austrália, piloto da Red Bull destaca Lotus e Mercedes e avisa: "ninguém pode nos subestimar"

Webber espera lutar pela vitória em Sepang

A situação não é novidade para Mark Webber: mais uma vez o australiano busca a recuperação após uma corrida que, apesar de ter lhe dado sua melhor posição de chegada na carreira em Melbourne, esteve longe de ser a ideal. O piloto da Red Bull ao menos se animou com o ritmo de corrida mostrado pelo RB8 e espera lutar – não apenas com a McLaren – pela vitória na Malásia.

“No final das contas, o resultado da corrida foi bastante frustrante, mas houve vários pontos positivos para serem tirados da prova. Nós provavelmente poderíamos ter conseguido mais, mas não muito mais. Acho que a vitória era algo muito difícil de conseguir porque o Button tinha uma ótima posição de pista e controlou a prova desde o início e coube a nós lutar pelo pódio porque tive de refazer minha corrida depois de perder muitas posições na primeira volta. Mas o ritmo era muito forte, ainda que seja difícil ultrapassar em Melbourne”, afirmou em entrevista acompanhada pelo TotalRace em Kuala Lampur.

O australiano salientou que a McLaren, que venceu na Austrália com Jenson Button, não é a única rival na Malásia, e destacou as performances de Lotus e Mercedes.

“Aqui [ultrapassar] deve ser mais fácil e ainda por cima temos o clima como um desafio, o que é sempre bom, porque é interessante desvendar o que é o melhor a ser feito. Então acho que neste final de semana teremos um bom GP, talvez com mais gente disputando, como a Lotus por exemplo, que pode ser forte se tiver um final de semana limp0,o e obviamente a Mercedes está bem ao menos no sábado.”

Webber mandou ainda um aviso aos rivais: ainda que a Red Bull não seja a equipe mais rápida em uma volta lançada, quem ninguém duvide da capacidade dos atuais bicampeões do mundo.

“No domingo, sempre somos muito fortes. Se todos fizerem tudo certo, os pilotos, os pit stops, ninguém pode nos subestimar. É quando provamos sermos muito bem sucedidos nos últimos dois anos, mas sabemos que as margens são pequenas e mostramos em Melbourne que estamos tendo de reagir à performance da McLaren. Temos de dar crédito a eles e trabalhar mais duro.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias