Wolff fala em "quarto fornecedor" de motores para 2014

Prevendo grandes mudanças no carro do ano que vem, Mercedes copia a Ferrari e já trabalha em duas frentes

Brawn e Wolff

O novo diretor executivo da Mercedes, Toto Wolff, tratou de rechaçar a possibilidade da Fórmula 1 voltar atrás em relação às mudanças previstas para os motores em 2014. A categoria se despedirá dos V8 e usará V6 turbo, mais eficientes. O austríaco, inclusive, apontou que um quarto fornecedor deve se juntar a Mercedes, Ferrari e Renault ano que vem.

“Tenho 100% de certeza que teremos um novo motor em 2014. Está tudo pré-fabricado. Três fabricantes estão com seus projetos adiantados e provavelmente veremos uma quarta entrando. A decisão foi tomada, para o bem e para o mal. É algo interessante do ponto de vista de engenharia e é o futuro. Temos de nos acostumar a essas mudanças.”

A equipe Mercedes, inclusive, já está trabalhando em duas frentes, a exemplo do que a Ferrari já divulgou. Mesmo enquanto o carro de 2013 estava sendo projetado, havia uma equipe que se dedicava exclusivamente ao modelo de 2014, que sofrerá mudanças devido ao novo motor.

“Temos dois programas – de 2013 e 2014 – e claro que nossos recursos vão de um para o outro levando em conta o que nos dará a maior oportunidade. Não está em nossos planos reduzir o esforço no carro de 2013 – queremos fazer o máximo de pressão por toda a temporada”, explicou o chefe da equipe, Ross Brawn.

O inglês afirmou que a atual posição da equipe, que terminou 2012 em quinto no campeonato, é “inaceitável” e aposta na reestruturação do departamento técnico e na maior compreensão dos problemas enfrentados ano passado para ter resultados melhores. “Todas as mudanças na parte de engenharia que fizemos no começo de 2012 vão aparecer nesse carro”, afirmou, referindo-se ao W04. “Acho que temos uma melhor compreensão de como o escapamento e a suspensão trabalham, e isso tem um grande impacto na performance. E também diria que a performance aerodinâmica tem um papel central.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias