Leonardo DiCaprio integra comitê de sustentabilidade da F-E

Astro de Hollywood quer que nova iniciativa incentive uso de veículos de energia sustentável

A Fórmula E acaba de criar um comitê de sustentabilidade e quem vai ocupar a cadeira principal da organização será o ator hollywoodiano Leonardo DiCaprio. O organismo vai focar as contribuições da categoria na promoção para utilização em massa de carros elétricos, principalmente na mobilidade urbana. Dicaprio estará acompanhado pelos CEOs e acionistas da categoria, bem como Alejandro Agag.

O ator e o CEO da Formula E Holdings falaram sobre a iniciativa e do ativismo ambiental de DiCaprio.

Alejandro Agag (AA): Leonardo, você tem sido um ambientalista ativo em toda a sua carreira. Quais os motivos?

Leonardo Dicaprio (LD): Fui alertado sobre a gravidade dessas questões no fim dos anos 1990, quando me encontrei com o ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore na Casa Branca. Falamos por uma hora sobre mudanças climáticas e os maiores desafios da sociedade para o próximo milênio. Al Gore me inspirou. Decidi então que tinha que fazer algo pelo nosso planeta, investindo meu tempo, minha voz e minha energia para aumentar a conscientização sobre as mudanças climáticas e de como a humanidade está impactando nosso ambiente. Disse na ONU ano passado que estou profundamente convencido que isso não é histeria, são fatos.

AA: Você criou uma fundação um ano após Titanic que ajuda 70 projetos em mais de 40 países e recentemente doou 15 milhões de dólares em  iniciativas para o Meio-Ambiente. Qual será o próximo passo?

LD: Minha fundação apoia projetos reais, liderados por ambientalistas e líderes comunitários que fazem trabalhos incríveis, muitas vezes em circunstâncias muito difíceis. Estamos ansiosos para dimensionar rapidamente esse trabalho e apoiar mais e mais projetos para o futuro. Todo mundo precisa tomar medidas. Eu acredito que todos nós, independentemente da nossa posição socioeconômica ou diferenças regionais, pode e deve fazer algo para preservar nosso meio ambiente.

AA: Que impacto você acha que o Comitê de Sustentabilidade da Fórmula E terá?

LD: O comitê une 10 nomes que estão preocupados em resolver a crise climática. A F-E nos oferece uma voz única e forte. O negócio sustentável é o caminho do futuro. Aplaudo empresas como a Fórmula E pelo o lançamento de um campeonato de carros elétricos.

AA: Por que você decidiu apoiar a F-E?

LD: Ouvi falar da Fórmula E pela primeira vez em Nova Iorque, há três anos, quando era apenas uma ideia. Desde então, tenho apoiado o campeonato e tenho ficado maravilhado de quão longe chegou nestes primeiros anos. Alguns foram críticos e acreditaram que a F-E poderia falhar, mas acredito que você e sua equipe tem feito um incrível trabalho provando que os críticos estavam errados. 

Também fui atraído pelo fato da categoria realizar as corridas bem no centro das cidades. Estou preocupado com as  cidades. Elas representam uma bomba relógio ambiental. Em 20 anos, 80% das populações viverão nas cidades e isso apresenta uma demanda crescente sobre os recursos naturais, que já estão em declínio. As cidades do futuro precisam ser inteligentes e sustentáveis. A tecnologia será essencial para isso. Uma das maneiras mais importantes para reduzir a poluição nas cidades será via investimento nos transportes inteligentes.

E é aí que entram os carros elétricos, porque quanto mais carros elétricos, menos poluentes no ar. Sonho com que as cidades adotem sistemas de transporte, utilizando energia sustentável, como a energia solar. Projetos como a F-E podem fazer isso acontecer de verdade.

AA: Você possui um carro elétrico. O que ele difere dos outros?

LD: Fui ao Oscar num Toyota Prius. Sou constantemente fotografado quando saio de casa, então é uma forma criativa de mostrar meu comprometimento pela causa. Acho importante endossar novas tecnologias que estão tentando fazer a diferença. O futuro do nosso planeta depende de nossa habilidade em abraçar soluções como combustível eficiente e veículos de energia limpa.

A melhor coisa dos carros elétricos é a facilidade e a dirigibilidade. Eles também são rápidos. Na prática, para reabastecê-lo é como carregar seu telefone celular. Adoraria guiar um carro da F-E. Talvez você poderá me ver dentro de um deles em breve!

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula E
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags leonardo dicaprio