Lotterer revela conflito interno em ataques a Vergne

compartilhar
comentários
Lotterer revela conflito interno em ataques a Vergne
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
4 de fev de 2018 17:56

Alemão diz que se segurou para não ser mais agressivo em tentativas para ultrapassar companheiro de equipe

Sébastien Buemi, Renault e.Dams, Andre Lotterer, Techeetah, Jean-Eric Vergne, Techeetah, sprays the
Andre Lotterer, Techeetah, Jean-Eric Vergne, Techeetah, spray the champagne on the podium
Jean-Eric Vergne, Techeetah, the Techeetah team on the podium
Mitch Evans, Jaguar Racing
Jean-Eric Vergne, Techeetah, battles with Nelson Piquet Jr., Jaguar Racing
Andre Lotterer, Techeetah, Sébastien Buemi, Renault e.Dams, Sam Bird, DS Virgin Racing
Jean-Eric Vergne, Techeetah, with Andre Lotterer, Techeetah on the podium
Jean-Eric Vergne, Techeetah, Andre Lotterer, Techeetah celebrate on the podium with their team
Jean-Eric Vergne, Techeetah congratulates his team mate Andre Lotterer, Techeetah

A equipe Techeetah prendeu a respiração nas últimas voltas do ePrix de Santiago. Mais lento que o companheiro Andre Lotterer, Jean-Eric Vergne passou a ser atacado pelo alemão e os dois chegaram a quase bater nos últimos momentos da prova, quando Lotterer tocou a traseira do francês.

Após a prova, o piloto revelou que enfrentou um conflito dentro de si mesmo durante os ataques.

"Fiquei muito surpreso", disse Lotterer ao Motorsport.com quando perguntado sobre o incidente. "Eu estava bastante confiante com a velocidade que tinha para poder passá-lo confortavelmente.”

"Mas ele é meu companheiro de equipe, ele tem bons pontos no campeonato, então são sentimentos misturados. Eu estava tipo: 'aaaargh, eu tenho muita velocidade'.”

"Eu queria entender onde eu poderia fazer uma tentativa segura, e a curva 3 era o lugar para mim. Ele defendeu de forma muito agressiva, não consegui evitar a colisão. Havia muita diferença de velocidade. Por sorte, pudemos parar o carro e fazer a curva."

Vergne disse que teve um problema com seu sistema de gerenciamento de energia, o que o fez ter que economizar uma volta a mais energia do que precisava.

"Nós não tivemos as mesmas armas para lutar", disse ele. "Eu estava indo o mais rápido que podia nas curvas, quase bati na parede duas vezes.”

"Ele tentou me atacar, e eu estava pensando que não havia como terminar a corrida. Mas, na verdade, estava guardando uma volta mais do que ele."

Vergne riu ao relatar o momento em que seu companheiro de equipe quase o empurrou para a parede.

"Isso aconteceu muito rapidamente, mas para mim pareciam horas", disse ele. "Por sorte, nós conseguimos."

A vitória de Vergne o impulsionou para o topo da tabela do campeonato de pilotos, enquanto os pontos da Lotterer ajudaram a alcançar Techeetah a liderança na tabela de construtores.

Próxima Fórmula E matéria
Apesar de erro, Nelsinho exalta bom início de temporada

Previous article

Apesar de erro, Nelsinho exalta bom início de temporada

Next article

Após quebra, Di Grassi vê título da Fórmula E mais distante

Após quebra, Di Grassi vê título da Fórmula E mais distante
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Evento ePrix de Santiago
Localização Santiago Street Circuit
Pilotos Andre Lotterer , Jean-Eric Vergne
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias