México garante mais dois anos na Fórmula E

compartilhar
comentários
México garante mais dois anos na Fórmula E
Luis Ramírez
Por: Luis Ramírez
Traduzido por: Daniel Betting
12 de out de 2018 20:48

ePrix da Cidade do México será realizado pelo menos até a sexta temporada, 2019-2020, confirmou o CEO da categoria ao Motorsport.com

O ePrix da Cidade do México está garantido para as próximas duas temporadas, o que significa que o Autódromo Hermanos Rodríguez receberá a Fórmula E pelo menos até a sexta temporada (2019/2020).

Durante uma conferência para lançar o ePrix da Cidade do México, Alberto Longo, CEO da Formula E, disse ao Motorsport.com que já existem negociações com o próximo governo da capital mexicana, que tomará posse os primeiros dias de dezembro deste ano, para prolongar a permanência do México no calendário.

No entanto, Longo disse que a presença do país na sexta temporada é uma realidade.

"Essas duas datas (México e Chile) na quinta e sexta temporada estão confirmadas", disse o diretor ao Motorsport.com.

Para Longo, a facilidade de contar com as instalações do Autódromo Hermanos Rodríguez é um ponto a favor.

"O México, apesar de fazer contratos anuais tem a facilidade de encontrar data, se trata apenas de um telefonema e marcamos, não é como em outros países que devem pedir permissões (fechamento de ruas), no México é simples".

Mudança de sede

Desde que a Fórmula E chegou à Cidade do México, há rumores de que o desejo é levar a competição a um circuito de rua como na maior parte das corridas, uma situação que Alberto Longo não nega, mas ressalta que, por enquanto, a prioridade é manter-se no Autódromo Hermanos Rodríguez.

"Estamos em uma cidade muito confortável, um evento excessivamente confortável. A realidade é que, se podemos facilitar, porque não facilitar? No México, temos a vantagem de o circuito estar dentro da cidade."

"No momento, deixamos as outras opções, na floresta de Chapultepec e Reforma, estudos de viabilidade estão sendo feitos", disse o executivo que quer se reunir no próximo ano com a futura chefe de governo da Cidade do México, Claudia Sheinbaum.

"Teremos que ver com a mudança de governo o que eles querem (em relação à sede)."

"Temos uma relação tão boa com os que estão de saída que estão nos introduzindo aos novos. Teremos que nos sentar com o novo chefe de governo, que fala conversa muito bem com coisas sustentáveis, tecnologia, então acho que nos daremos muito bem”, concluiu.

Próxima Fórmula E matéria
Piquet aprova fim da troca de carros nas corridas da F-E

Previous article

Piquet aprova fim da troca de carros nas corridas da F-E

Next article

Massa aproveita sábado para treinar em simulador da F-E

Massa aproveita sábado para treinar em simulador da F-E
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Autor Luis Ramírez
Tipo de matéria Últimas notícias