"Conservador", Fittipaldi comemora liderança do IMSA

Mesmo largando na pole, brasileiro admitiu ser conservador para garantir pontos do segundo lugar e a ponta do campeonato

A terceira etapa do WeatherTech SportsCar Championship em Long Beach foi bem diferente das anteriores de 2016. Mesmo com Pipo Derani ausente, por dar prioridade ao campeonato mundial de endurance, o Brasil chegou a brigar pela liderança da corrida e, mesmo não vencendo, saiu no comando do campeonato, graças à segunda colocação de Christian Fittipaldi.

Ao lado do português Joao Barbosa, o atual bicampão da categoria admitiu que, a certa altura, administrou a corrida, que teve a vitória da dupla Ricky e Jordan Taylor.

"Eu, provavelmente, fui muito conservador na largada", disse Fittipaldi. "Tiro o chapéu para o Ricky [Taylor], pois ele viu uma brecha e fez uma ultrapassagem perfeita. Foi uma corrida difícil, mas no geral o resultado foi bom." 

"Quando você não pode vencer, terminar em segundo e maximizar os pontos para o campeonato é o melhor que pode fazer e foi exatamente o que conseguimos", completou.

Mesmo com o carro da Action Express tendo largado da pole, João Barbosa endossou o discurso de Christian. 

"Os pontos que marcamos hoje são extremamente importantes, já que estamos tentando vencer nosso terceiro campeonato seguido", disse o português. 

"É bom estar na liderança neste estágio da temporada, mas será ainda mais importante crescer com isso, quando formos para Monterey." 

"Pontos são fácies de serem perdidos, mas extremamente difíceis de serem conquistados. Então, foi um bom segundo lugar e vamos para a próxima corrida."

Como citado por Barbosa, a próxima etapa do campeonato acontece em Monterey, na Califórnia, no dia 1º de maio.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IMSA
Evento Long Beach
Pista Streets of Long Beach
Pilotos Christian Fittipaldi
Tipo de artigo Últimas notícias