Andretti: F1 perdeu chance de adotar design puro como a Indy

compartilhar
comentários
Andretti: F1 perdeu chance de adotar design puro como a Indy
Por: Tom Errington
Co-autor: James Newbold
26 de mar de 2018 18:38

Para ex-piloto, campeonato errou ao modificar aerodinâmica dos carros em 2017, aumentando downforce

Mario Andretti
Helio Castroneves, Team Penske Chevrolet
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Mario Andretti
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09 EQ Power+ and Esteban Ocon, Force India VJM11 battle
Mario Andretti
Marco Andretti, Herta - Andretti Autosport Honda, Mario Andretti

A Indy mudou o design de seus carros para este ano, adotando um visual mais minimalista em termos aerodinâmicos, algo que Mario Andretti crê ter faltado à Fórmula 1 em seu novo regulamento técnico, para a temporada do ano passado.

Andretti disse ao Motorsport.com que a abordagem da F1 fez com que ficasse atrás do “ótimo trabalho” que a IndyCar fez com as mudanças para 2018.

"Eu acho que a Indy fez um ótimo trabalho ajustando as coisas", disse ele.

“Eles estão fazendo a coisa certa com a aerodinâmica dos carros e voltando para um carro de corrida de aparência única e mais pura, que eu acho que é algo que todos os fãs gostariam de ver.”

“Infelizmente, os carros do ano passado estavam mais parecendo protótipos de carros esportivos, com todas aquelas aletas. Mas o que eles fizeram acho pessoalmente que é o que a Fórmula 1 perdeu.”

“Eles reduziram o downforce dos carros, mas ainda deram a eles um bom efeito solo, que não cria turbulência. Com asas menores, você pode ficar mais perto da caixa de câmbio do outro piloto e ter provas competitivas.”

“Pessoalmente, acho que é aí que a F1 errou. Eles deram a eles mais aderência mecânica com pneus mais largos, que criaram pesos maiores e mais turbulência.”

“E fazendo asas maiores, eles encurtam ainda mais os pontos de frenagem, o que elimina quase as chances de ultrapassagem.”

"Sim, você tem DRS e tudo mais, e você realmente precisa disso mais do que nunca agora. Mas, ao mesmo tempo, mesmo com o DRS, você precisa ser capaz de chegar muito perto da caixa de câmbio de alguém depois de uma curva e não pode usar o DRS até que você esteja no lugar correto.

IndyCar não deve terminar a temporada em setembro

Após elogiar, Andretti criticou a Indy por encerrar a temporada muito antes da NASCAR Cup Series e da Fórmula 1.

"O único aspecto negativo que vejo no campeonato é o fato de eles terminarem a temporada muito cedo", disse ele.

“Não há razão para isso. Eles (IndyCar) falam sobre as competições na TV e tudo isso, mas para mim é tudo besteira. Você precisa ficar na TV, porque a IndyCar está competindo com a F1 e a NASCAR.”

“A IndyCar terminar na primeira semana em setembro é um desserviço para os pilotos mais do que qualquer coisa.”

"Isso é uma coisa que eu não concordo com a gerência e nunca vou concordar, então gostaria que eles pudessem consertar isso.”

Próxima IndyCar matéria
Em teste de retorno à Indy, Castroneves admite: “senti falta”

Previous article

Em teste de retorno à Indy, Castroneves admite: “senti falta”

Next article

Kanaan: Foyt pode acabar com jejum de vitórias de cinco anos

Kanaan: Foyt pode acabar com jejum de vitórias de cinco anos
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Mario Andretti
Autor Tom Errington
Tipo de matéria Últimas notícias