Castroneves alerta para "código marrom" em volta de pole

Quase indo para o muro, brasileiro brincou ao se referir ao medo de ter colocado tudo a perder em treino de classificação

Além de fazer grande sucesso na pista, Helio Castroneves é conhecido pela boa desenvoltura junto à imprensa. Tal relação o permite declarações sinceras e intrigantes. Nesta tarde em Phoenix o brasileiro conquistou a pole position para a corrida de amanhã, a 46° de sua carreira. Ele teve média de 192.631mph na primeira volta e 192.018mph na segunda, lhe rendendo média de 192.324mph e, dessa forma, garantindo o melhor lugar do grid.

A volta "voadora" lhe rendeu quase um encontro indesejado ao muro do Phoenix International Raceway. Mesmo assim, ele conseguiu controlar o carro para trazê-lo à linha de chegada e garantir o êxito. Perguntado sobre o momento em quase bateu, Helinho não titubeou.

"Isso acontece tão rápido que você não reage. Você é apenas um passageiro."

Em seguida, a brincadeira que deixou os jornalistas da NBCSN quase às gargalhadas.

"Estou indo ao paddock agora fazer algumas mudanças, mas não é no carro. O carro está perfeito", se referindo ao macacão, que poderia estar sujo após a possibilidade da batida.

Recorde da pista

Falando sério após o treino, Helinho falou do fato de ter quebrado o recorde da pista: "é uma honra quebrar o recorde da pista que durava 20 anos. Podemos mostrar hoje como os carros atuais da Indy são rápidos", disse.

Das 46 poles de Castroneves na Indy - incluindo o período que esteva na CART - 28 foram em circuitos ovais.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Evento Phoenix
Pista Phoenix International Raceway
Pilotos Helio Castroneves
Tipo de artigo Últimas notícias