Dovizioso diz que “deve acreditar” que pode tirar 49 pontos

compartilhar
comentários
Dovizioso diz que “deve acreditar” que pode tirar 49 pontos
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
29 de mai de 2018 21:50

Piloto italiano diz que precisa crer que possa chegar no líder do campeonato, Marc Márquez

Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Andrea Dovizioso post crash
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Third place Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Andrea Dovizioso havia assumido a liderança sobre o companheiro de equipe da Ducati, Jorge Lorenzo, no GP da França, quando perdeu a frente da GP18 na curva La Chappelle e foi ao chão.

Foi a segunda prova seguida que Dovi não terminou, depois que se envolveu em uma colisão tripla, com Lorenzo e Dani Pedrosa em Jerez.

Dovizioso descreveu seu erro de Le Mans como "inaceitável", mas disse que o fato de ter o ritmo para desafiar Márquez pela vitória foi um sinal encorajador e significa que ainda é muito cedo para desistir do campeonato.

"O lado positivo é que somos rápidos, em comparação ao ano passado", disse Dovizioso. “Em Jerez, poderíamos levar 20 pontos e aqui tivemos bom ritmo. Isso significa que conseguimos dar um passo maior do que nossos rivais nessas duas pistas.”

“Isso me ajudará a gerenciar as coisas da melhor maneira, porque temos a chance de recuperar pontos. 49 pontos é muito, mas se olharmos para estas primeiras cinco corridas, muita coisa aconteceu.”

“A melhor coisa que podemos fazer, portanto, é trabalhar para lutar por pódios e vencer em todas as corridas.”

"Então, veremos o que podemos fazer durante a temporada, que ainda é muito longa. Mas devemos acreditar que podemos fazer isso, caso contrário, qual é o objetivo?”

Os dois adversários mais próximos de Márquez em Le Mans, Danilo Petrucci e Valentino Rossi, se mostraram menos otimistas quando foram perguntados sobre espanhol.

"Eu não posso dizer quem pode pará-lo no momento", disse Petrucci sobre Márquez. “Porque ele tem 36 pontos [diferença] depois de cinco corridas, então neste momento eu não sei quem pode vencê-lo.”

“Talvez hoje Dovi estivesse com ele pela vitória, mas eu não sei. Ele estava liderando a corrida quando caiu, mas era apenas o começo.”

Rossi acrescentou: “Marc já tem uma boa vantagem, mas para mim o pior para os seus rivais não é essa vantagem no campeonato, mas a velocidade na pista.”

"Ele é o homem mais rápido da pista, então acho que será muito difícil para qualquer um vencê-lo."

Relatos adicionais por Willy Zinck

Próxima MotoGP matéria

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso
Equipes Ducati Team
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias