Espargaró testará “moto laboratório” da Aprilia na Austrália

compartilhar
comentários
Espargaró testará “moto laboratório” da Aprilia na Austrália
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
23 de out de 2018 15:54

Espanhol competirá em Phillip Island testando novos componentes para a RS-GP da próxima temporada

O piloto da Aprilia, Aleix Espargaró, vai andar com uma "moto laboratório" no GP da Austrália deste fim de semana, em uma tentativa de começar a melhorar a versão 2019 da RS-GP.

Com pouco em jogo em 2018, Espargaró revelou que terá uma moto experimental à sua disposição em Phillip Island com um novo chassi ao lado de outro de especificações atuais.

"Já na Austrália, tentaremos uma moto completamente nova, uma 'moto laboratório', para 2019", disse Espargaró, que abandonou o GP do Japão no domingo devido a um superaquecimento no pneu dianteiro.

“A moto é completamente diferente em muitos detalhes. Estamos tentando mudar o equilíbrio da moto para colocar um pouco mais de peso na traseira, para ganhar um pouco de aderência, porque esse é o problema deste ano.”

“No momento está um desastre completo, somos muito lentos. Temos que mudar completamente a moto para ver se conseguimos alguns resultados e encontrar alguma direção para a moto 2019, porque 2019 está se aproximando e temos que melhorar muito.”

Pedido para esclarecer o que considera ser um nível aceitável de melhoria para 2019, Espargaró disse que o fato de não conseguir lutar consistentemente dentro do top-10 tem que ser considerado "um desastre" para a Aprilia.

"Se você está fora da luta pelo top-10 em uma equipe de fábrica com quatro ou cinco anos de experiência, para mim isso é um desastre", disse o espanhol.

“Eu posso entender que as novas marcas que chegam ao campeonato precisam de tempo, mas para a Aprilia o ano que vem é o ano número cinco [desde que retornou à MotoGP em 2015]. Então, qualquer coisa fora do top-10 não é boa.”

“Se no ano que vem a moto ainda não estiver boa e estivermos de novo em 17º no campeonato e com muitos problemas, então ambas as partes teriam que se sentar juntas e pensar no projeto.”

Enquanto recuava em sua ameaça anterior de desistir se as coisas não melhorassem, Espargaró admitiu que se esforça para tirar sua mente das corridas em casa enquanto seus resultados são ruins.

“Não estou pensando em parar, mas não consigo me desconectar quando vou para casa quando os resultados são ruins e, para mim, o mais importante na vida é ser feliz.”

“Já estou há muitos anos na MotoGP, e não tenho mais nada para mostrar ou provar para mim mesmo. Quero aproveitar a vida e há muitas coisas que posso fazer fora do MotoGP.”

"Eu quero ficar aqui e aproveitar, mas muitas coisas têm que mudar."

Next article
Márquez destaca temporada “menos estressante” que 2017

Previous article

Márquez destaca temporada “menos estressante” que 2017

Next article

Compare primeiros seis anos de Rossi e Márquez na MotoGP

Compare primeiros seis anos de Rossi e Márquez na MotoGP
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Austrália
Pilotos Aleix Espargaro
Equipes Aprilia Racing Team Gresini
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias