Lorenzo: 2019 repete situação de estreia ao lado de Rossi

compartilhar
comentários
Lorenzo: 2019 repete situação de estreia ao lado de Rossi
Por:
30 de jan de 2019 09:17

Espanhol diz que correr ao lado de Marc Márquez na Honda traz lembranças de seus primeiros dias na MotoGP ao lado de Rossi na Yamaha

Jorge Lorenzo afirmou que enfrentará “a mesma situação” no duelo contra Marc Márquez na Honda que teve quando formou dupla com Valentino Rossi na Yamaha quando era estreante.

Lorenzo deixou a Ducati para substituir Dani Pedrosa na Honda, que ajudou Márquez a conquistar cinco títulos de pilotos na MotoGP nos últimos seis anos.

Rossi também era um pentacampeão quando Lorenzo chegou à Yamaha, em 2008, e o italiano obteve mais dois títulos antes de Lorenzo vencer seu primeiro, em 2010.

“Durante minha carreira na MotoGP, dividi o box com provavelmente quatro pilotos – Valentino, [Ben] Spies, Dovi [Andrea Dovizioso] e agora Marc, e esta situação é bem similar à que eu tinha quando comecei na MotoGP em 2008”, disse Lorenzo.

“Naquela época, Valentino estava no auge de sua carreira.Ele não venceu o título em 2006 e 2007, mas sempre lutava pelo título e conhecia muito a moto.”

“É mais ou menos a mesma situação que tenho agora quando chego a uma nova equipe, com Marc como um parceiro muito, muito forte, e que conhece bastante a moto.”

“Com certeza, nessa área Marc tem uma grande vantagem.”

Lorenzo disse que irá encarar sua temporada de estreia ao lado de Márquez, que possui 44 vitórias na categoria contra 47 de seu novo parceiro, mesmo tendo entrado na categoria cinco anos depois, “com muita humildade”.

“Sempre digo que ele é um fenômeno”, disse Lorenzo sobre Márquez.

“Tenho muitas coisas para aprender com ele, então chego à equipe com muita felicidade e orgulho, mas também com muita humildade para tentar, aos poucos, entender tudo e aos poucos obter os resultados.”

Enquanto o estilo de pilotagem suave de Lorenzo mudou durante seu período na Ducati, ainda se trata de algo visivelmente diferente ao de Márquez.

No entanto, o atual campeão está convencido de que este não será um problema para a Honda, já que as impressões iniciais de Lorenzo sobre a RC213V são parecidas com as suas.

“Para a Honda não é um grande problema, porque, quando Dani estava no box, tínhamos um estilo de pilotagem completamente diferente”, disse Márquez.

“E a Honda tem potencial suficiente, especialmente a HRC [Honda Racing Corporation] para ter duas formas diferentes de melhorar a moto.”

“Mas, no fim, quando você anda rápido, quando você anda de olho em cada décimo de segundo, todos os pilotos pedem o mesmo. O mais importante é que eu, Jorge, Cal [Crutchlow, piloto da LCR Honda] temos mais ou menos os mesmos problemas nas mesmas áreas.”

“Então esta é a forma de trabalhar com toda a equipe e tentar melhorar para 2019.”

Reportagem adicional de German Garcia Casanova

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Jorge Lorenzo, Repsol Honda Team

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Jorge Lorenzo, Repsol Honda Team

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Next article
Nova equipe satélite da Yamaha mostra pintura para 2019

Previous article

Nova equipe satélite da Yamaha mostra pintura para 2019

Next article

Morbidelli: Hamilton poderia testar a minha moto

Morbidelli: Hamilton poderia testar a minha moto
Load comments