Márquez: Honda "perdeu desempenho" em Sachsenring

compartilhar
comentários
Márquez: Honda
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
13 de jul de 2018 20:11

Piloto comparou moto de 2018 com a de japonês que utiliza modelo do ano passado

Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Takaaki Nakagami, Team LCR Honda
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team, Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

A Honda está invicta na MotoGP em Sachsenring desde 2009, e Marc Márquez venceu os últimos cinco GPs da Alemanha.

Ele ficou em quinto lugar na classificação combinada, após o treino desta sexta-feira e disse que o desempenho do estreante Takaaki Nakagami, na sétima posição com a Honda de 2017, mostra que a moto do ano passado era um pacote mais forte.

"Com esta Honda, nossos pontos fortes são um pouco menores e nossos pontos fracos são um pouco maiores", disse Márquez.

“Temos uma moto realmente constante, mas nesta pista no passado era muito forte em algumas áreas, como vemos Nakagami, andar com a moto antiga, que é muito rápido.”

“Talvez com esta moto a gente perca algum desempenho, mas é importante entender que o campeonato é de 19 corridas.”

“Vamos ver, tentaremos vencer no domingo. Mas se não for possível vencer, precisamos entender que temos 41 pontos de vantagem no campeonato e isso é o mais importante.”

Márquez, no entanto, não estava preocupado com seu ritmo absoluto, já que ele se concentrou nas log runs, usando um único pneu traseiro macio no TL1 e um único traseiro médio no TL2.

"Foi o que planejamos", explicou ele. “Nós apenas nos concentramos na corrida, como sempre às sextas-feiras.”

“Não usamos o novo pneu macio no final, por isso não melhorei nas últimas voltas. Mas foi o que planejamos, porque nossa prioridade era outra.”

Dani Pedrosa, que anunciou na quinta-feira que vai se aposentar no final do ano, continuou com sua má fase com o 20º tempo, apesar de um teste privado positivo em Brno recentemente.

“Foi muito estranho hoje”, ele disse. “Infelizmente para mim eu não tinha um bom sentimento na moto, estava com problemas na frente, eu não conseguia me virar muito bem nas curvas e estava perdendo tempo a todo momento.”

“Está um pouco difícil este ano com a configuração da moto, parece que não encontro a configuração básica que posso usar em todos os lugares.”

“Em Brno, terminei bem o dia, mas o setup não funciona para esta pista. Então hoje eu enfrento alguns problemas e vamos ver se eu posso ser mais rápido amanhã.”

Reportagem adicional por Jamie Klein e Oriol Puigdemont

Next article
Kallio não participa de GP da Alemanha e fará cirurgia

Previous article

Kallio não participa de GP da Alemanha e fará cirurgia

Next article

Rossi: "Os problemas não serão resolvidos por mágica"

Rossi: "Os problemas não serão resolvidos por mágica"
Load comments