Márquez: momento de crescimento da Ducati representa “sorte”

compartilhar
comentários
Márquez: momento de crescimento da Ducati representa “sorte”
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
12 de set de 2018 11:35

Líder da temporada da MotoGP, Marc Márquez afirmou que o momento do crescimento da Ducati representa sorte para suas próprias esperanças de título.

A equipe de fábrica da Ducati venceu três provas seguidas na MotoGP, mas o início difícil de Jorge Lorenzo em 2018 e as dificuldades de Andrea Dovizioso na fase europeia fez com que Márquez abrisse grande vantagem na tabela.

“Para nossa sorte, eles [Ducati] chegaram muito, muito fortes na segunda parte da temporada”, disse Márquez.

“Temos 67 pontos de vantagem e precisamos administrar. Se eles ganharem cinco pontos a cada corrida, sem problemas, continuaremos em frente.”

Márquez reconhece que sua Honda RC213V era o conjunto mais forte no começo da campanha, mas acredita que a Ducati GP18 já conseguiu superá-la.

“É difícil entender, porque sempre a grama do vizinho é mais verde. E isso é algo que, como eu não pilotei a moto, nunca saberemos.”

“Mas o que vejo na pista é que, na primeira parte da temporada, nas primeiras quatro ou cinco corridas, tive a melhor moto.”

“Agora, a melhor moto parece ser a Ducati, mas sempre é um meio termo entre pilotos e entre a equipe.”

Parceiro de Márquez na Honda, Dani Pedrosa também sugeriu que a Ducati tem vantagem, argumentando que a vantagem da GP18 em aceleração é “enorme”.

“É verdade que a Ducati, por algum motivo, tem uma vantagem extra neste momento”, disse Pedrosa.

“A moto é super rápida, especialmente quando eles colocam a moto na reta. É claramente algo enorme em relação ao resto.”

Valentino Rossi, da Yamaha, que está entre Dovizioso e Lorenzo na tabela, disse: “A Ducati fez um ótimo trabalho desde que [Gigi] Dall’Igna chegou.”

“Eles deram o passo à frente que nós deveríamos ter dado. Acho que sua moto é o ponto de referência no grid.”

Questionado após sua vitória em Misano se a GP18 de fato era a melhor moto do grid, Dovizioso disse: “Ninguém pode saber de verdade. Talvez. Talvez sim, talvez não.”

“É sempre difícil saber disso, porque sempre é uma mistura de pilotos e motos. Com certeza nós melhoramos a situação, porque somos mais rápidos em uma pista em que no passado não éramos.”

“Mas os únicos pilotos da Ducati [que estão andando na frente] somos eu e Jorge. As outras Ducati têm uma boa moto e, para eles, às vezes é muito difícil.”

“Então, não sei. Talvez, talvez. Não sei.”

Reportagem adicional de Lena Buffa e Oriol Puigdemont

Race winner Andrea Dovizioso, Ducati Team

Race winner Andrea Dovizioso, Ducati Team

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próxima MotoGP matéria
Crutchlow: Novo acordo com Honda é meu último na MotoGP

Previous article

Crutchlow: Novo acordo com Honda é meu último na MotoGP

Next article

Pilotos protestam e francês tem entrada negada na MotoGP

Pilotos protestam e francês tem entrada negada na MotoGP
Load comments