Pedrosa revela que tem "várias opções" após deixar Honda

compartilhar
comentários
Pedrosa revela que tem
David Gruz
Por: David Gruz , Editorial assistant
14 de jun de 2018 17:15

Espanhol diz que está considerando "várias opções" como futuro destino depois do seu relacionamento de longa data com a equipe oficial da Honda

Dani Pedrosa deixará a Honda, depois de 13 anos com a fabricante japonesa na MotoGP, e será substituído por Jorge Lorenzo.

Uma equipe satélite da Yamaha que ainda não foi anunciada estava entre as opções de Pedrosa para 2019, assim como a aposentadoria do esporte.

No entanto, em uma coletiva de imprensa antes do GP da Catalunha, ele não trouxe atualizações sobre seu futuro, além de revelar que tem "várias opções".

"Era meu desejo poder dizer algo claro para este GP depois da última corrida, mas infelizmente as coisas ainda não estão tão claras quanto eu gostaria", disse Pedrosa. "Eu não posso realmente dizer algo muito claro.”

"Só o que posso dizer hoje é que tenho várias opções e são boas opções. Mas ainda não está tão claro, então não posso dizer muito mais do que isso.”

"Preciso de tempo para pensar e não quero correr o risco de tomar a decisão errada.”

"Ao mesmo tempo, eu gostaria de ter isso claro, porque isso me permitiria correr com a mente mais livre e com mais foco."

Pedrosa não confirmou se todas as suas opções estão dentro da MotoGP e, quando perguntado se a aposentadoria está entre elas, ele disse: "Não posso falar sobre as opções e não posso dizer se o que você diz [de se aposentar] está correto ou não.”

"Eu só digo que há opções e ainda estou considerando."

Pedrosa disse que é improvável que um anúncio aconteça durante o GP da Catalunha, já que ele quer se concentrar em sua pilotagem.

"Não [o anúncio neste fim de semana], pelo menos não penso assim. Gostaria de focar na corrida.”

"Eu não gostaria de pensar sobre isso quando estou competindo, porque isso não seria bom para minha concentração, então meu objetivo neste fim de semana é fazer um bom papel.”

"A última prova em Mugello foi muito difícil, por isso espero que este fim de semana possa ser o contrário.”

Mau desempenho em Mugello também foi psicológico

Pedrosa teve um dos seus piores finais de semana na MotoGP na última jornada em Mugello, ao se classificar em 20º e ter caído durante a prova.

Ele admitiu que os desenvolvimentos sobre a sua situação, bem como a incerteza em relação ao seu futuro, contribuíram para seu mau desempenho na Itália.

"Sim, uma parte foi esta. Obviamente eu sofri muito com a configuração da moto.”

"Eu tive algo errado na moto durante todo o final de semana e não conseguimos ver o que era.”

"Então, finalmente, no sábado, encontramos alguma coisa e, de repente, eu estava de novo no warm-up dentro do top-10.”

"Alguma coisa estava errada na moto, mas ao mesmo tempo alguma coisa também estava passando na cabeça.”

"Com a configuração ruim, digamos, ou o que estava errado na moto, eu poderia fazer um pouco melhor se você não estivesse pensando demais, mas espero que neste fim de semana eu possa lidar melhor."

Próxima MotoGP matéria

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Catalunha
Localização Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Dani Pedrosa
Equipes Repsol Honda Team
Autor David Gruz
Tipo de matéria Últimas notícias