Stoner: Poderia bater Márquez em duelo na MotoGP

compartilhar
comentários
Stoner: Poderia bater Márquez em duelo na MotoGP
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
Traduzido por: Gabriel Lima
8 de nov de 2017 11:27

Bicampeão mundial diz que não tem dúvidas de que poderia disputar títulos e derrotar atual tri da MotoGP

Casey Stoner
Casey Stoner, Ducati Team
Casey Stoner, Ducati Team
Casey Stoner
Casey Stoner, Ducati Team
Casey Stoner, Ducati Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team, Andrea Dovizioso, Ducati Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team

Fora da MotoGP desde o final da temporada de 2012, Casey Stoner acredita que conseguiria derrotar Marc Márquez em um duelo. Quando se retirou das pistas, o australiano foi substituído pelo espanhol na Honda, sendo assim, jamais dividiu a pista com o piloto que atualmente luta pelo tetracampeonato na MotoGP.

Stoner crê que o calibre dos pilotos que bateu durante sua carreira signifique que teria conseguido ser mais veloz que Márquez.

"As pessoas sempre me perguntam se eu poderia vencê-lo (Márquez), e há muitas coisas que sugerem que eu poderia", disse Stoner em entrevista à Gazzetta dello Sport.

"Ganhei contra (Jorge) Lorenzo, Valentino (Rossi), (Andrea) Dovizioso e todos o derrotaram. Portanto, não há motivo para dizer que não poderia ter feito isso também. E como Dovizioso está fazendo agora, eu poderia ter lutado por um título com ele".

Stoner se juntou à Ducati no início de 2016 para assumir um papel de piloto de testes e embaixador junto à fabricante italiana. Ele já recusou uma oportunidade de fazer um wildcard na Áustria.

O piloto de 32 anos reitera que não tem arrependimentos sobre escolher se aposentar do mundial, e que não está em dificuldades para se manter ocupado entre seus deveres com a Ducati e sua vida familiar.

"Eu sou um piloto de testes e estou muito feliz com minha vida", acrescentou o australiano. "Estou feliz por não ter que suportar o estresse das corridas.”

"Estou gostando de passar o tempo com a minha família. Eu sempre estou fazendo algo, não fico entediado. Nunca me arrependi das coisas que fiz, como decidir me aposentar.”

"Eu não preciso disso (competição) mais. Comecei a correr quando tinha quatro anos e tive uma carreira mais longa do que muitas pessoas."

"Nós já planejamos o primeiro teste de 2018, e então veremos (sobre testes futuros). Depende de como será o desenvolvimento".

Próxima MotoGP matéria
Veja a matemática da decisão entre Márquez e Dovizioso

Previous article

Veja a matemática da decisão entre Márquez e Dovizioso

Next article

Márquez: “Será normal sentir pressão em Valência”

Márquez: “Será normal sentir pressão em Valência”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Casey Stoner , Marc Marquez Shop Now
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias