Viñales: "O mais inteligente sobre a moto será campeão"

Praticamente fora da batalha, piloto da Yamaha aponta para a chave que pode dar o título a Márquez ou Dovizioso

Phillip Island.- A pista da Austrália é a favorita de Maverick Viñales, onde deixou seu cartão de visitas na pré-temporada quando fez sua estreia na Yamaha, sendo o mais rápido de todos. Um bom lugar para recuperar os sentimentos com a M1.

"Provavelmente é o melhor circuito em que podemos recuperar a confiança, é uma pista que eu amo, independentemente de a moto funcionar ou não, sempre fui capaz de ir rápido aqui e por isso estou feliz por ser correr na Austrália neste fim de semana", disse Viñales nesta quinta-feira.

Tendo feito o teste na pré-temporada com a Yamaha na pista, Phillips Island será um bom banco de testes para comparar o que mudou na moto até agora.

"No teste aqui, fomos realmente fortes, fizemos tempos muito rápidos, tempos para ganhar corridas. Então, temos que tentar chegar ao nível que estávamos na pré-temporada e veremos que é o que fizemos bem e mal durante a temporada”.

Todos os meios de comunicação estão agora em cima da batalha entre Márquez e Dovizioso, o que pode dar à Yamaha a paz de espírito para se concentrar em seu trabalho.

"Eu preferiria estar lá lutando, mesmo que eu tivesse a pressão da mídia, no final é sempre preferível ter mais opções para o campeonato. Mas isso não muda muito, estávamos longe no Japão, tivemos um mau resultado e agora estamos mais longe, com tão pouca pressão. Você tem que tentar aproveitar as corridas restantes e tentar levar a Yamaha ao nível que estava".

Nesse sentido, a questão é se dá para fazer uma moto como a do teste de fevereiro.

"Eu vou tentar copiar o que tivemos no teste e funcionou. Vou tentar com uma moto semelhante", disse ele.

Viñales também falou sobre a luta entre Marc e Andrea, e quem ele vê como favorito na Austrália para ficar à frente do outro.

"Para mim, ganhará aquele que pensa mais em cima da moto. Os dois são rápidos, Marc sempre foi bom aqui, mas Dovi foi muito bem na Malásia. Então precisamos ver como eles lidam com a pressão e qual deles é mais inteligente".

Sobre o que pensar sobre a moto, essa parece ser uma das qualidades que apontam para Dovizioso como favorito.

"Bem, Marc também tem suas armas e lá e em Aragón as aplicou bem. Dependerá muito da chuva deste fim de semana".

Mack está relutante em se dar por vencido, mas está ciente da dificuldade de se juntar à luta pelo título.

"Neste momento não depende de nós, não devemos apenas vencer corridas, mas eles cometem erros e isso vai ser difícil. Dovizioso não fez nenhum e Márquez não vai cometê-los agora. O que nos resta é ir para a vitória e fazer o nosso melhor".

Em Motegi, com uma briga de faca debaixo da água, ambos estavam prestes a ir ao chão, o que teria colocado novamente Viñales na luta.

"Não revisei a corrida, não a vi, não dava para ver nada. Ele estava muito bravo. Agora estou na Austrália, adoro e estou mais relaxado. Eles estavam perto de cair, mas também em um ótimo nível e dando um ótimo show".

Viñales não tem grandes esperanças de voltar a contar uma Yamaha como no início da temporada.

"Não confio muito porque a moto é muito diferente, os pneus também são diferentes. Mas vamos tentar, se estiver seco e com boa temperatura, espero ir bem aqui", concluiu.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Austrália
Pista Phillip Island Grand Prix Circuit
Pilotos Maverick Viñales
Tipo de artigo Últimas notícias