Yamaha recusa versão da Honda e desmente chute de Rossi

compartilhar
comentários
Yamaha recusa versão da Honda e desmente chute de Rossi
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
3 de nov de 2015 11:34

Montadora japonesa usa panos quentes para defender italiano enquanto tensão aumenta antes de decisão

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing e Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Podium: third place Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Podium: third place Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Marc Marquez, Repsol Honda Team

A Yamaha respondeu à Honda que não concorda com suas afirmações publicadas nesta segunda-feira (2) de que Valentino Rossi teria chutado a alavanca de freio de Marc Marquez para fazê-lo cair no GP da Malásia.

A Honda disse: "Os dados da moto de Marc mostram que ele estava erguendo sua moto, tentando evitar o contato com Valentino. No entanto, sua alavanca de freio dianteiro recebeu de repente um impacto que travou o pneu da frente, que foi o motivo de sua queda", disse Nakamoto.

"Acreditamos que essa pressão tenha sido o resultado de um pontapé de Rossi. Os dados da moto de Marc estão disponíveis se alguém da Dorna, da FIM ou da imprensa desejar verificar."

Em resposta, a Yamaha emitiu comunicado refutando as alegações da Honda, argumentando que não foi comprovado pela direção de prova na Malásia que Rossi chutou a moto de Marquez.

"A Yamaha gostaria de manifestar o seu desacordo com as palavras que foram utilizadas para informar sobre o incidente entre os pilotos Valentino Rossi e Marc Marquez," iniciou o comunicado.

"Ambos os comunicados de imprensa incluem palavras que acusam Valentino Rossi de chutar a moto de Marc Marquez, algo que não foi provado pela investigação da direção de prova.”

"Estamos, portanto, rejeitando as referidas declarações publicadas, que não correspondem com as conclusões da direção de prova.”

"A Yamaha não tem nenhum desejo de entrar em uma discussão mais aprofundada sobre este caso infeliz, e nosso desejo é concluir a temporada de 2015 da MotoGP da melhor maneira possível.”

"Nós vamos para Valência com a clara intenção de tentar o nosso melhor para ganhar o que esperamos que venha a ser uma corrida final memorável com todos os pilotos e equipes competindo de forma exemplar e esportiva, condizendo com a categoria top do motociclismo."

A disputa do título da MotoGP é entre Rossi e seu companheiro de equipe, Jorge Lorenzo. Atualmente o italiano lidera o campeonato por sete pontos. 

Próxima MotoGP matéria
MotoGP muda datas de quatro provas em calendário de 2016

Previous article

MotoGP muda datas de quatro provas em calendário de 2016

Next article

Para evitar bate-boca, MotoGP cancela coletiva em Valência

Para evitar bate-boca, MotoGP cancela coletiva em Valência
Load comments