De Silvestro: Programas, como da Red Bull, seriam melhor que W Series

compartilhar
comentários
De Silvestro: Programas, como da Red Bull, seriam melhor que W Series
Andrew van Leeuwen
Por: Andrew van Leeuwen
31 de out de 2018 20:53

Simona de Silvestro diz que um programa de desenvolvimento de pilotos do estilo da Red Bull seria o melhor para trazer mulheres para o automobilismo do que a proposta da W Series

A W Series, anunciada no mês passado, foi criada para promover o talento feminino em um campeonato de seis etapas e um total de prêmios de US$ 1,5 milhão.

No entanto, ela não foi recebida com aprovação universal pelas mulheres pilotos, como Pippa Mann, da Indy.

Simona de Silvestro concorda com algumas das críticas dirigidas à W Series.

Ela calcula que o modelo de desenvolvimento de pilotos usado pela a Red Bull, por exemplo, seria uma solução melhor, dando ao talento feminino uma chance a assentos competitivos em categorias já estabelecidas.

"Eu não acho que seja o jeito certo de fazer isso", disse ela ao Motorsport.com. "Se realmente há muito dinheiro para a série, há algumas garotas que foram muito competitivas em categorias de base.”

"Mesmo na minha carreira, se eu olhar para a minha carreira na Indy ou mesmo antes disso, eu nunca consegui uma chance com uma equipe de ponta. Acho que essa é a peça que falta.”

"Se você olhar para uma afiliação da Red Bull ou Mercedes, de alguma forma essas crianças sempre entram nas melhores equipes e ganham. Acho que, pessoalmente, teria sido melhor fazer algo como um programa da Red Bull e se certificar de que algumas garotas tenham uma oportunidade em um time realmente bom.”

"Eu acho que isso teria mudado muitos pontos de vista".

De Silvestro avalia seu contrato para correr com nas 24 Horas de Daytona, com a Acura, no próximo ano, ao lado de Katherine Legge, e Bia Figueiredo é um exemplo perfeito de como estruturar um programa voltado para pilotos do sexo feminino.

"O que conseguimos fazer com o acordo do IMSA com a Shank Racing, a formação que temos é muito forte", disse ela.

"Conheço Katherine e Bia muito bem e são comprovadas vencedoras nas categorias de base.”

"Talvez isso mostre as pessoas que têm a coragem de dar às mulheres uma oportunidade apropriada, é o jeito de se fazer isso."

Simona de Silvestro, Nissan Motorsport Nissan

Simona de Silvestro, Nissan Motorsport

Photo by: Dirk Klynsmith / LAT Images

Next article
Categoria feminina de monopostos é lançada para 2019

Previous article

Categoria feminina de monopostos é lançada para 2019

Load comments