Final espetacular dá primeira vitória a Pizzonia na Stock

Amazonense leva segunda bateria após largar em 11º em prova com quatro líderes diferentes nas últimas voltas

Com um final espetacular, Antonio Pizzonia saiu de 11º para ganhar sua primeira prova na Stock Car. O amazonense foi abrindo caminho no pelotão e herdou a ponta nos metros finais, com três pilotos diferentes ficando sem combustível nas duas voltas finais quando estavam na liderança. Daniel Serra saiu de 19º para chegar na segunda colocação, com Sergio Jimenez em terceiro.

Jimenez foi um dos que ficou sem combustível no final mas, mesmo assim, o piloto foi alçado ao segundo lugar no campeonato, com os mesmos 37 pontos de Valdeno Brito. Marcos Gomes é o terceiro, com 36, Cacá Bueno é o quarto com 31 e Antonio Pizzonia é quinto com 26.

Na largada, Felipe Lapenna queimou a largada e foi punido enquanto, mais atrás, dois pilotos que foram ao pódio na primeira prova ficaram pelo caminho: Galid Osman bateu e abandonou e Cacá Bueno rodou e viu todo o pelotão lhe ultrapassar.

Rafa Matos conseguiu superar Allan Khodair, que tinha problemas em seu carro e segurava o pelotão até que Valdeno Brito fez uma bela ultrapassagem dupla e pulou a terceiro. O vencedor da primeira bateria logo foi aos boxes, pois não teria combustível para chegar ao final da segunda prova.

Com 10 minutos para o final, Rafa Matos liderava com quase quatro segundos de vantagem para Denis Navarro, seguido de perto por Sergio Jimenez, Marcos Gomes, Antonio Pizzonia, Tuka Rocha, Julio Campos, Vitor Genz, Daniel Serra e Átila Abreu.

Recuperando-se após a pesadelo da primeira prova, Daniel Serra foi se recuperando e passando os rivais um a um, chegando ao sexto lugar com cinco minutos para o final. Daniel encontrou Pizzonia e, juntos, começaram a ganhar posições.

Na penúltima volta, Rafa Matos ficou lento e foi sendo superado por um a um, dando a liderança para Denis Navarro, que também foi ficando algumas curvas depois. A ponta ficou com Sergio Jimenez, que tinha Pizzonia logo atrás. O amazonense, por sua vez, sofria forte pressão de Daniel Serra.

Jimenez chegou a apontar em primeiro na curva final, mas também ficou sem combustível e foi superado por Pizzonia e Serra. Jimenez ficou em terceiro. Marcos Gomes ficou em quarto, à frente de Ricardo Zonta, Tuka Rocha, Átila Abreu, Gabriel Casagrande, Alceu Feldmann e Cacá Bueno.

Confira a classificação da corrida 2 da Stock
1º Antonio Pizzonia        Prati-Mico's Racing         22:34.665
2º Daniel Serra                  Red Bull Racing                 +0.368 
3º Sergio Jimenez           Voxx Racing Team          +0.469 
4º Marcos Gomes           Schin Racing Team          +1.951 
5º Ricardo Zonta              RZ Motorsport                  +2.216 
6º Tuka Rocha                   RZ Motorsport                  +3.179
7º Átila Abreu                   Mobil Super Racing        +3.739 
8º Gabriel Casagrande  C2 Team                              +4.104 
9º Alceu Feldmann         Hanier Racing                    +4.810 
10º Cacá Bueno                                Red Bull Racing                 +5.118 
11º Max Wilson                Eurofarma RC                    +5.484 
12º Lucas Foresti             RC3 Bassani                        +11.918
13º Valdeno Brito            Shell Racing                        +18.251
14º Felipe Fraga               Vogel Motorsport           +26.768
15º Diego Nunes             C2 Team                              +29.035
16º Ricardo Mauricio      Eurofarma RC                    +29.574
17º Rafael Suzuki             ProGP                                  +42.905
18º Bia Figueiredo           ProGP                                  +46.950
19º Beto Cavaleiro          Hanier Racing                    +1:04.395
20º Allam Khodair           Full Time Competições +1:11.285
21º Denis Navarro           Voxx Racing Team          1 volta
22º Felipe Tozzo              Boettger Competições 1 volta
23º Raphael Matos         Hot Car Competições    2 voltas
24º Vitor Genz                  Boettger Competições 2 voltas
25º Felipe Lapenna         Hot Car Competições    3 voltas
26º Popó Bueno              Shell Racing                        5 voltas
27º Julio Campos             Prati-Mico's Racing         8 voltas
Não completaram: Thiago Camilo, Galid Osman               , Rubens Barrichello, Nonô Figueiredo, Luciano Burti e Fabio Fogaça.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias