Após testes, Toro Rosso reavalia ambições para Melbourne

compartilhar
comentários
Após testes, Toro Rosso reavalia ambições para Melbourne
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
Traduzido por: Daniel Betting
11 de mar de 2018 14:16

Brendon Hartley diz que a Toro Rosso reavaliou suas ambições para a abertura da temporada da Fórmula 1 em Melbourne depois de uma forte exibição nos testes de Barcelona

Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13

A Toro Rosso aproveitou uma pré-temporada sem problemas, sendo a terceira equipe com mais voltas completadas nos testes de Barcelona, atrás da Mercedes e da Ferrari.

Brendon Hartley terminou a sexta-feira, último dia de testes como o sétimo mais rápido, apesar de seu companheiro de equipe Pierre Gasly ter colocado a Toro Rosso em terceiro lugar na tabela de tempos na quinta-feira.

Explicando que o esquadrão baseado em Faenza inicialmente esperava um começo de ano "difícil", Hartley disse que o progresso foi tão encorajador que a equipe pode agora almejar terminar na zona de pontuação desde o início da temporada 2018.

"Todo mundo está otimista", disse. "O resumo do início do ano foi que queremos construir durante o ano”.

"A Toro Rosso teve um início muito forte no ano passado, e também houve muitas mudanças para garantir que pudéssemos desenvolver durante o ano”.

"Melbourne pode ser difícil, mas na verdade, após esses dias de testes, superamos nossas próprias expectativas e estamos definitivamente na luta por esses pontos”.

"O objetivo tem que ser os pontos. Eu acho que Haas, Renault e McLaren estão todos olhando muito forte também. Mas acho que estamos em algum lugar".

Hartley enfatizou novamente que a nova parceira Honda respondeu às "altas expectativas" que ele tinha da fabricante japonesa antes dos testes.

Perguntado se ele achava que a confiabilidade dos motores Honda havia encerrado suas dúvidas, Hartley respondeu: "Eu penso assim”.

"Quando eu fui à fábrica, há um mês, todos estavam realmente otimistas e positivos sobre essa nova parceria com a Honda”.

"Eu vi o quão duro todos estavam trabalhando, então eu tinha altas expectativas e eles entregaram. A parceria está com um começo voador".

Próxima Fórmula 1 matéria
Kubica: Ser piloto de teste me dá mais conhecimento do carro

Previous article

Kubica: Ser piloto de teste me dá mais conhecimento do carro

Next article

Jo Ramírez: "Pérez deve se dedicar à F1 para vencer Ocon"

Jo Ramírez: "Pérez deve se dedicar à F1 para vencer Ocon"

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Brendon Hartley
Equipes Toro Rosso
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias