Brawn diz que Ferrari deve se sentir encorajada com 2017

Pentacampeão com o time italiano entre 2000 e 2004, britânico cumprimenta escuderia pela grande temporada

Diretor esportivo da Fórmula 1, Ross Brawn mandou uma mensagem de incentivo à Ferrari após as falhas mecânicas enfrentadas nas últimas corridas. Sebastian Vettel, que liderava o campeonato até o GP da Itália, agora se encontra a 59 pontos de Hamilton após marcar apenas 12 nas últimas três provas.

Ross Brawn, que foi um dos arquitetos do domínio da Ferrari durante a era Michael Schumacher, acredita que agora seja hora de o time italiano permanecer calmo em vez de encontrar culpados para os insucessos.

"Tendo experimentado problemas de confiabilidade deste tipo com várias equipes, eu sei o quão doloroso pode ser para ver o trabalho duro de tantas pessoas desfeito em um momento", disse ele em um comunicado oficial da F1 publicado nesta segunda-feira (9).

"Tenho alguma simpatia pela Ferrari neste momento difícil. A equipe está sob uma pressão incrível, especialmente em casa. E é fácil para cabeças caírem. Mas a chave é manter a calma e se concentrar em objetivos imediatos."

Brawn acredita que, mesmo que a Ferrari não conquiste o título, o time ainda deva se sentir muito encorajado pela temporada deste ano, já que esta é a primeira vez na era híbrida que a Mercedes é pressionada durante um campeonato inteiro.

"No entanto, seja lá como a temporada terminar, a Ferrari deve estar satisfeita com o que conseguiu em 2017", acrescentou Brawn.

"Pela primeira vez na era híbrida, a Mercedes enfrentou um rival capaz de lutar pelo título.”

"Faz muito tempo que a Ferrari tem sido muito competitiva e os problemas das últimas semanas não apagaram este fato."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias