Button se prepara para corrida mais difícil da McLaren

Inglês acredita que GP do México será muito complicado para equipe, devido à exigência de motores que escuderia ainda não tem

A McLaren enfrenta ainda mais penalidades de grid no México, devido ao uso de novas peças que aliviarão os carros da equipe até o fim da temporada. O time espera que este seja o mais difícil fim de semana do ano para o pacote da Honda, que já contava estar no fim do pelotão mesmo sem punições. 

Fernando Alonso e Jenson Button vão utilizar nova versão do V6, com o britânico esperando usar dois tipos nos treinos. Fontes da McLaren sugerem que ele poderia perder até 60 posições no grid.

"O maior problema para mim no simulador era a baixa aderência. Aqui se tem o mesmo downforce de Monza , por causa da pressão do ar. As asas não estão funcionando, porque o fluxo de ar é diferente. Então é complicado, realmente."

Os freios também serão um desafio, de acordo com Button, "por causa do arrefecimento."

"Termos vários fatores desconhecidos, o que pode tornar as coisas interessantes, eu acho."

Enquanto isso, Button disse que a prova da Hungria e de Austiin foram as duas em que se melhor executou a estratégia da equipe.

"Não fomo rápidos em Austin, foi pura estratégia. Além disso, com as mudanças do clima lá, fomos capazes de fazer a diferença. No seco ou no molhado não conseguíamos ser rápidos o suficiente."

"Mas foi o suficiente para nos divertirmos em algumas batalhas. Eu realmente gostei, foi bom estar no meio. Fizemos tudo direito."

"Havia muitas conversas de rádio durante os Safety Cars, além de termos feito a coisa certa no fim", disse o campeão de 2009.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do México
Pista Autodromo Hermanos Rodriguez
Pilotos Jenson Button , Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias