Massa anuncia que 2017 será seu último ano na F1

Via redes sociais, piloto brasileiro confirma que não disputará mais vaga de piloto na Williams para temporada 2018

O piloto brasileiro Felipe Massa, na Fórmula 1 desde 2002, anunciou na manhã deste sábado (4) por meio de suas redes sociais que irá se aposentar da Fórmula 1. Ele disputava lugar na equipe Williams com Robert Kubica, Paul di Resta, Pascal Wehrlein e Daniil Kvyat.

No entanto, com as crescentes ameaças de perder seu lugar após o time ter testado o polonês e o escocês nas últimas semanas em treinos privados com o carro de 2014, Felipe anunciou que não irá competir no próximo ano apenas uma semana antes do GP do Brasil.

Esta é a segunda vez que Massa anuncia aposentadoria. No ano passado, o piloto chegou ao GP do Brasil aposentado, no entanto acabou voltando atrás após a inesperada aposentadoria de Nico Rosberg depois de seu título mundial.

"Como vocês sabem, no ano passado eu anunciei que ia encerrar a minha carreira na Fórmula 1, e a Williams pediu para eu ficar mais uma temporada e eu continuei", iniciou Massa em vídeo postado em suas redes sociais.

"Mas desta vez é verdade: vai ser minha última corrida de F1 em Interlagos, no Brasil, e também em Abu Dhabi. Eu gostaria de agradecer toda a torcida e todo o carinho forte da minha, família, dos meus amigos, dos meus patrocinadores e todo o carinho de todos vocês que torceram por mim durante todo esse tempo e que continuem torcendo em outras categorias e em outros campeonatos pela frente."

"Nos vemos no Brasil e em Abu Dhabi. Um grande beijo a todos vocês e valeu."

Vice-campeão de 2008, Massa conquistou 11 vitórias, 41 pódios, 15 pole positions e 16 voltas mais rápidas em 270 provas.

 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias