Pirelli: F1 só mostra potencial real depois do GP do Bahrein

Potencial real dos novos carros da Fórmula 1 não será visto antes do GP do Bahrein ou do GP da China, segundo paul Hembery, chefe da fabricante italiana

A temporada 2017 da Fórmula 1 vai apresentar carros totalmente novos, mais largos e com aerodinâmica revisada. Além disso, outra novidade vem com os pneus, mais largos e projetados para durar mais.

O que ainda não se sabe é o quanto estes carros serão mais velozes do que os vistos até o final da temporada passada. Paul Hembery, chefe da Pirelli, crê que algumas equipes vão esconder o jogo nos testes de pré-temporada, em Barcelona.

"Não saberemos em que nível as equipes estarão de fato nos testes de Barcelona, pois neste período eles não querem mostrar tudo", disse Hembery durante o Autosport International Show.

"Muitos vão tentar esconder o jogo. Nem mesmo o GP da Austrália pode servir de parâmetro, já que a prova costuma apresentar alguns resultados atípicos", afirmou.

"Só quando chegarmos ao Bahrein ou na China que veremos o real desempenho dos novos carros.", acrescentou.

Os pneus de 2017 terão um desgaste bem reduzido, com a expectativa é de que os novos compostos tenham 25% mais aderência do que a borracha de 2016. Além disso, o chefe da Pirelli disse que as corridas terão menos trocas de pneus.

Hembery disse, por fim, que a fabricante italiana planeja testar os novos compostos de pista molhada nos próximos dois meses e negocia com Mercedes, Red Bull e Ferrari para utilizar os carros adaptados que os times emprestaram para a Pirelli desenvolver os pneus de pista seca.

"Estamos trabalhando no desenvolvimento dos pneus de chuva durante a temporada, o que nos foi permitido neste ano - não nos deixavam fazer isso no passado. Nos últimos três anos, creio que tivemos três dias de testes", acrescentou.

"Tais testes devem acontecer em fevereiro e março. Estamos tentando conseguir um dos carros adaptados que usamos nos últimos meses do ano passado, conversando com as equipes para retirarem eles do museu e deixar que nós trabalhemos um pouco mais", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias