Por ultrapassagens, Melbourne considera mudança de traçado

compartilhar
comentários
Por ultrapassagens, Melbourne considera mudança de traçado
Andrew van Leeuwen
Por: Andrew van Leeuwen
Traduzido por: Gabriel Lima
16 de nov de 2017 11:12

Após corrida de poucas emoções neste ano, direção do GP estuda alteração no layout a longo prazo

The action as seen from the air
The action as seen from the air
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13
Sergio Perez, Force India VJM10, leads Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Felipe Massa, Williams FW40
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08

Os chefes do GP da Austrália decidiram contra um plano de mudar o layout atual da pista do Albert Park para ajudar a criar outro ponto de ultrapassagem para a próxima temporada.

O Motorsport.com soube que a Australian Grande Prix Corporation estudar fazer uma substituição do veloz complexo das curvas 11 e 12 por uma curva mais fechada para criar outra oportunidade de ultrapassagem.

O plano teria tentado tornar a reta oposta mais rápida, levando a uma zona de frenagem forte à esquerda. Com uma nova zona de DRS no local, a ideia era tentar criar um ponto mais fluído. No entanto, parece que o layout existente permanecerá inalterado pelo menos no curto prazo.

A AGPC confirmou que uma investigação sobre a realização das mudanças resultou em poucos benefícios. Uma visão que foi compartilhada pela FOM após reuniões.

Como resultado, o layout da pista - utilizado desde 1996 - permanecerá inalterado no futuro próximo.

"Como tudo o que fazemos na Australian Grand Prix Corporation, consideramos de todos os ângulos", disse o CEO da AGPC, Andrew Westacott, ao Motorsport.com.

"Nós queremos fazer uma melhoria contínua, que inclui análise de oportunidades para mudanças na pista. Ao examinar essas oportunidades, realizamos uma revisão com as partes relevantes, mas nada positivo se apresentou".

Embora a mudança de layout não aconteça no curto prazo, há planos para recapear a pista – algo que não é feito há 22 anos. Nenhum prazo rigoroso foi dado para isso, embora a AGPC tenha indicado que é provável que seja feito "nos próximos anos".

Melbourne e o circuito do Albert Park têm um contrato permanente para sediar o GP da Austrália até pelo menos 2023.

A corrida de abertura da temporada da Fórmula 1 de 2018 acontecerá entre 22 a 25 de março.

Próxima Fórmula 1 matéria
Liberty promete lidar com queixas sobre regras de 2021

Previous article

Liberty promete lidar com queixas sobre regras de 2021

Next article

Lowe: Stroll sofreu falta de potência no motor no Brasil

Lowe: Stroll sofreu falta de potência no motor no Brasil
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Andrew van Leeuwen
Tipo de matéria Últimas notícias