Raikkonen insiste que ainda possui apetite para vencer na F1

Finlandês diz que ainda sente a chama acesa para permanecer na categoria e diz que início competitivo em 2018 é fundamental para suas chances

Kimi Raikkonen afirmou que ainda possui ambição para vencer novamente na F1, quando se prepara para iniciar sua 16ª temporada na categoria.

O finlandês não vence uma corrida desde o GP da Austrália de 2013. Neste ano, ele marcou seu maior número de pontos desde 2012, com 205.

Raikkonen, cujo contrato com a Ferrari vai até o fim de 2018, fará dupla com Sebastian Vettel de olho em ter um carro capaz de lutar pelo título pelo segundo ano consecutivo.

Em entrevista ao programa The Flying Lap, do Motorsport.tv, Raikkonen disse: “Eu não estaria aqui e no próximo ano se eu não tivesse o apetite para vencer.”

“Eu gosto de correr. Eu não seria tímido para dizer que essa é a única razão. Eu quero estar na F1. Então, enquanto eu tiver a vontade, é a razão pela qual darei meu melhor.”

Raikkonen afirmou que um início rápido na próxima temporada será fundamental para a Ferrari conseguir desafiar seriamente a Mercedes, que vem dominando a F1 desde 2014.

“Começamos o ano um pouco lentos”, disse Raikkonen. “Tivemos bons momentos, mas longe do que queríamos se considerarmos o ano inteiro.”

“Precisamos acertar as coisas corretamente para a primeira corrida. Temos a velocidade, mas há muitas coisas que precisam ser absolutamente corretas.”

“Se você não acertar as coisas perfeitamente, isso custará muitos pontos.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias